Campo

O líder da oposição na Câmara de Palmas e filho da senadora Kátia Abreu , vereador Iratã Abreu, falou sobre a invasão da Fazenda Aliança, em Aliança do Tocantins, de propriedade de sua família que foi ocupada por mulheres de vários movimentos na quinta-feira, 7.

O parlamentar disse que, ao chegar, algumas mulheres que diziam ser do Via Campesina, braço do Movimento dos Sem Terra (MST), estavam aparadas por uma equipe de homens armados, carros, todo o suporte logístico. “Aquelas mulheres nunca foram do Via Campesina, composto por mulheres do campo”, disse.

O vereador chegou a dizer que a presidente Dilma Rousseff (PT) não está mais dando  guarita a este tipo de movimento, que segundo ele, invade, depreda e destrói.  As mulheres que manifestaram contra o agronegócio e em favor da agricultura familiar desmontaram alguns canteiros de plantação de eucalipto. “Quem faz isso é bandido”, disse.

Para ele, alguns movimentos deixaram a sua ideologia de lado há muito tempo, como ocorreu com o MST. “Vamos acionar, judicialmente, os invasores”, afirmou.

Por: Redação

Tags: Fazenda Aliança, Iratã Abreu, Kátia Abreu