Estado

Foto: Divulgação

Em comemoração ao dia da Autonomia do Estado, o Governo do Estado por meio da Secretaria da Cultura estará realizando na próxima segunda-feira, 18, na cidade de Paranã, o Show da Autonomia, com a participação de diversos artistas tocantinenses. Além disso, haverá a missa em comemoração a reinauguração do histórico Seminário São José de Porto Nacional, patrocinado pelo Governo do Estado por meio do Prêmio Maurício Bentes 2011 de Apoio à Restauração de Bens Imóveis de Uso Público Tombados, às 19 horas, na Catedral de Nossa Senhora das Mercês, terça-feira, dia 19 de março.

Seminário

A Secretária, Kátia Rocha, que é portuense e pioneira na gestão cultural do Tocantins comemora a reinauguração deste bem histórico “O Seminário São José é um marco na formação cultural do Tocantins, pois foi uma das primeiras edificações erguidas pelos dominicanos, no então Norte Goiano e representa uma história de doação e comprometimento dos frades no processo de catequização e formação intelectual do povo tocantinense”, ressalta a secretária Kátia Rocha.

“O ano de 2013 está acrescido de júbilo pela conclusão da restauração de todo o complexo arquitetônico pertencente ao seminário. Na ocasião, estaremos agradecendo aos benfeitores, em especial o Governo do Estado por meio da Secretaria da Cultura pela viabilização da reforma por meio deste prêmio cultural”, declarou Dom Romualdo, Bispo Biocesano de Porto Nacional.

Situado nas proximidades da margem direita do Rio Tocantins, ao lado da Catedral de Nossa Sra. das Mercês, o Antigo “Convento Santa Rosa de Lima” é sede dos Padres Dominicanos desde o início da década de 20. Os padres dominicanos tiveram uma participação fundamental para a formação cultural do então Norte-Goiano, o que contribuiu para que Porto conquistasse o cognome de “Berço Intelectual do Norte Goiano”.

Autonomia

Foi no dia 18 de março de 1809 que o Imperador Dom João XI assinou o Alvará criando a Comarca de São João das Duas Barras ou Comarca do Norte. A sede da nova comarca foi estabelecida em São João das Duas Barras depois chamada Comarca da Palma, hoje Paranã, dando autonomia jurídica à vasta região situada ao norte da Província de Goiás, que hoje compõe o Estado do Tocantins. O desejo de emancipação demorou quase dois séculos para se concretizar.

Citando os momentos mais marcantes, da criação da Província do Norte, que teve Theotônio Segurado e Felipe Antônio Cardoso como seus representantes maiores. Pela proposta de criação do Território Federal do Tocantins, de autoria do Brigadeiro Lysias Rodrigues. Pelo movimento encabeçado pelo juiz de direito, a partir de Porto Nacional, Feliciano Machado Braga, até chegada à região na década de 1960 do cearense José Wilson Siqueira Campos, que encarnou como ninguém a bandeira da autonomia do povo nortense.

Show da autonomia

O Show em comemoração ao dia da Autonomia será realizado na Praça das Mangueiras em Paranã, às 20h30, justamente pelo simbolismo histórico da cidade, antiga São João da Palma, sede da comarca do Norte.

A animação da noite ficará por conta da música regional tocantinense com um repertório diversificado ao comando dos músicos Genésio Tocantins, Braguinha Borroso, Dorivã Borges, Léo Pinheiro, Chico Chokolate, Mara Rita, Nacha Moretto, Quésia Carvalho, Querem Hapuque, Elletra, Leila Lima, Marcelo Bahia, Paulinho do Arcodeon, Antista do Acordeon, Manoel Cerqueira, Zé Lourinho, Everton dos Andes e a Banda Soneto como banda base do show. (Ascom)