Esporte

Foto: Divulgação

A final do campeonato municipal de futebol da cidade de Brejinho de Nazaré foi fechada com chave de ouro no último sábado, 30, no estádio local. Após vários jogos, as duas melhores equipes do campeonato, de um lado o Aliança que contava com os principais atletas da cidade e do outro o Ipueiras que contava com a tradição e  o apoio do seu torcedor fizeram a final.

A fanática torcida aliancense também marcou presença, além das autoridades de Brejinho de Nazaré, Aliança do Tocantins e Ipueiras.

O Jogo

O campo molhado e muito pesado prejudicou um pouco a partida, mas o aliança com um toque de bola envolvente buscava sempre o gol. A equipe de Ipueiras buscava explorar os contra-ataques, mas nada que assustasse o goleiro Valdeci. Já o goleiro Rodrigo, do Ipueiras, teve muito trabalho, o ataque com Ramon e Itamar dava muito trabalho para o arqueiro do Ipueiras.

O Aliança, bem armado em campo com Valdecy, Gilde, Doba, Gongo, Mineiro, Nene, Itamar e Ramon, dominava a partida, as chances eram criadas, mas o gol não saia e o primeiro tempo terminou sem abertura do placar.

No segundo tempo o panorama do jogo continuou com o Aliança atacando e a equipe de Ipueiras buscando raramente os revides. Era visível o interesse  pelas penalidades máximas por parte do Ipueiras, enquanto o Aliança buscava o gol com determinação.

O técnico Vanderlam Lima alterou o time, colocando Athur, Preto e Evandro e a equipe ficou mais rápida no toque de bola mas ainda assim o gol não saiu e o segundo tempo terminou sem alterar o placar. Os jogadores do Ipueiras saíram comemorando o empate.
 
Penalidade Máxima

Acostumados em decisão, o campo lotado, os jogadores do Aliança foram para as cobranças mostrando competência. A primeira cobrança foi da equipe de Ipueiras, o jogador Rudinei que faz 1x0. Itamar pelo Aliança empatou a série de cobranças.  Já o jogador Manoel chutou e Valdecy defendeu para delírios dos torcedores Aliancenses. Na sequência Evandro colocou o Aliança na frente. Sulinha marcou para Ipueiras.

A bola do jogo ficou para o artilheiro Ramon, que dificilmente erra pênalti, e ele não perdeu a chance de dar o título para a massa aliancense que se deslocou da cidade para apoiar o time. Ramon colocou a bola no canto e o goleiro no outro levando o Aliança à vitória nas penalidades.

A equipe aliancense além de ganhar o troféu levou um boi como prêmio principal.

O Aliança jogou e venceu com Valdeci, Doba, Gilde, Gongo, Mineiro, Neném, Itamar e Ramon entraram no jogo Preto, Athur e Evandro. Jogadores no elenco, Neguim, Loreto, e Diones.  (Técnico: Vanderlam Lima)