Polí­tica

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), prefeito de Almas, Leonardo Sette Cintra (PSDB) inicia uma série de reuniões regionais com os prefeitos filiados para ouvi-los em suas prioridades e fechar o plano de gestão da entidade para o biênio 2013-2015. A primeira reunião será nesta quinta-feira, dia 11 de abril, às 8 horas, na Câmara de Vereadores de Axixá, com 25 prefeitos da região do Bico do Papagaio.

De acordo com Leonardo Cintra, essas reuniões são resgate de compromisso assumido durante o período de campanha. “Com a nossa eleição, tivemos o planejamento aprovado pelos prefeitos que nos elegeram, no entanto, asseguramos que o fechamento desse plano de gestão só seria feito posteriormente, com as propostas apresentadas pelos próprios prefeitos” – explica o presidente, acrescentando que toda a diretoria da ATM, além de técnicos e assessores, vão participar das reuniões.

Com a mão na massa

Transformar a ATM numa entidade autônoma, sem interferência política e partidária, que seja uma referência nacional de apoio para a administração pública municipal afiliada é, segundo Leonardo Cintra, o objetivo.

“Estamos reestruturando departamentos importantes como o de Projetos, o Jurídico, o de Contabilidade, o de Comunicação, entre outros, para dar suporte aos prefeitos e assessorá-los, declara Leonardo.

Em tempo

O presidente da ATM informou que já contratou profissionais habilitados para gerenciar o Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (SICONV) e o de Cadastro Único de Convênios (CAUC), com a finalidade de formalizar, executar e acompanhar as prestações de contas.

“Queremos que os municípios se habilitem em tempo hábil nos seus encaminhamentos de recursos nas esferas estadual e federal e estejam aptos a realizarem qualquer transação que venha resultar em benefícios para a coletividade” - justifica.

Capacitação

Para dar maior autonomia técnica às prefeituras, Leonardo Cintra está apostando na capacitação do servidor público dos municípios. “Estamos capacitando servidores das prefeituras afiliadas visando uma gestão eficiente, moderna e ágil, em cursos como Regimes Previdenciários, Siconv, Cauc, entre outros, para dar cabo às inúmeras obrigações fiscais e administrativas que cabem aos municípios.