Estado

Foto: Divulgação

Em atendimento a uma solicitação da promotora de justiça, Márcia Mirelo Stefanello Valente, da 7ª Promotoria de Justiça da Comarca de Porto Nacional, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins – Adapec em conjunto com o Centro de Apoio Operacional às Promotorias do Consumidor – CAOP-Consumidor realizaram nos dias 10 e 11 de junho, uma auditoria em laticínios e averiguação da situação de produção e comercialização de leite nos oito municípios que compreendem a Comarca.

Segundo a coordenadora de Inspeção Animal da Adapec, Joseanne Cademartori Lins, o objetivo desta ação foi atender a determinação do Ministério Público Estadual que solicitou da Agência um relatório minucioso sobre todos os laticínios e demais empresas de manipulação, transformação e produção de alimentos lácteos com Serviço de Inspeção Municipal ou Estadual, dentro do perímetro da Comarca de Porto Nacional.

Durante a operação duas equipes de técnicos da área de inspeção da Adapec e do Ministério Público, percorreram os municípios de Porto Nacional, Fátima, Oliveira de Fátima, Santa Rita, Monte do Carmo, Brejinho de Nazaré, Silvanópolis e Ipueiras, onde foi constatado que apenas o município de Porto Nacional possui laticínios, sendo um com inspeção municipal e outro estadual. “Identificamos no comércio local dos municípios visitados, que estes, estão comercializando leites e derivados sem procedência, ou seja, impróprio para o consumo,” relatou Joseanne. Na ocasião, a equipe fez orientações aos comerciantes para que adquiram apenas produtos lácteos com registro.

Ainda de acordo com Joseanne Cademartori nos dois laticínios de Porto Nacional foram verificadas algumas inconformidades que serão relatadas e encaminhadas à Promotoria. “Além destas irregularidades apontadas nos laticínios, a Adapec encaminhará ao Ministério Público Estadual um relatório completo, detalhando as constatações dos demais municípios, principalmente sobre a existência de produtos clandestinos no mercado.” (Ascom/Adapec)