Bastidores

Foto: Divulgação Deputados derrubaram hoje convocação de secretário Deputados derrubaram hoje convocação de secretário

Parlamento Popular

Na próxima semana Gurupi vai sediar o Parlamento Popular. Será a segunda edição do programa mas já tem vereador criticando o projeto. Do PMDB, Ivanilson Marinho chegou a chamar todos os deputados de mentirosos e disse considerar o evento uma enganação em razão da proximidade do período eleitoral. E foi mais longe: segundo o vereador as emendas dos deputados não saem do papel.

Sem palanque político

Procurado para comentar a crítica do vereador o presidente da casa de Leis, Sandoval Cardoso (PSD) preferiu não se manifestar mas garantiu que o projeto não é um palanque político e que a intenção é ouvir a população bem como apresentar projetos e demandas apontadas pelos líderes. Sem querer criar atrito, Sandoval lembrou da primeira edição do programa no Bico do papagaio e ressaltou que a ação da Assembleia visa aproximar a sociedade do parlamento.

Calado...

E por falar em não comentar o ex-prefeito de Palmas, Raul Filho adotou o silêncio como estratégia e não quis falar sobre a aliança fechada entre PP e PT para as eleições do próximo ano. Raul frisou que ao invés de comentar prefere trabalhar em prol da candidatura de seu grupo rumo ao comando do partido na eleição do PED.

Por 8 a 5

Por oito a cinco os deputados da base do governo estadual derrubaram o requerimento do deputado estadual Manoel Queiroz (PPS) que pedia a presença do secretário de Ação Social, Agimiro Dias para explicar a compra de cestas básicas e abrir o cadastro de beneficiados do cartão Tocantins sem Fome. A falta de oposicionistas em plenário motivou a derrubada.

Sobraram críticas

Mas o deputado Queiroz não deixou barato e criticou a atitude dos aliados do governo de blindarem o secretário. “Vocês estão colaborando com a maldade, as mazela, as falcatruas, as maracutaias e a inércia desse governo”, disparou.O deputado não descartou levar as denúncias de favorecimento de empresa e superfaturamento ao Ministério Público Estadual.

Em Brasília

Em mais um dia de viagem e reuniões em Brasília o ex-governador Marcelo Miranda tem encontro para as 15 horas com o presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp. Antes do encontro porém ele já está em articulações junto com aliados como Leomar Quintanilha e outros.

Reinventar o Estado

O ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão tem pregado que o Estado precisa ser reinventado. Ele, que tem pretensões ao Senado, não economiza na carga pesada contra o governo. Hoje ele criticou a equipe da atual gestão e disse que não tem um secretário que se sobressaia no atual governo que ele considera não ter vigor físico nem mental.

Do buraco não!

Um mototaxista contava com bom humor na manhã de hoje uma frase que o ex-prefeito Raul Filho (PT) gostava de dizer e que teria sido, digamos assim, adaptada pelo atual prefeito Carlos Amastha. " Temos o tempo da manha, do pequi mas não teremos o tempo do buraco", teria dito o gestor.

Confusão de papeis

Uma assessoria de deputado estadual ultimamente está confundindo o papel de assessora com o de repórter. Informações ligadas ao deputado estão sendo divulgadas em um veículo enquanto deveriam ser distribuídas para toda a imprensa. Inversão de papeis que mostra total amadorismo para a função.