Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) conclamou nesta segunda-feira (24) o Governo Federal, o Poder Judiciário e a classe política a realizarem mudanças urgentes na administração pública nacional para atender as principais reivindicações dos movimentos populares que abalaram o país na semana passada.

Na visão do parlamentar, caso medidas de correção não sejam tomadas imediatamente o descontentamento popular poderá assumir proporções ainda maiores, podendo levar inclusive ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“Pelo clamor dessa multidão que foi às ruas de todo país, o governo federal terá obrigatoriamente que tomar decisões urgentes para reparar todas essas deficiências e atender às reivindicações do povo brasileiro. Chegou a hora de os políticos reverem a sua forma de fazer política, esquecendo os seus interesses próprios em prol dos interesses da sociedade”, disse o senador.

Na avaliação de Ataídes Oliveira, a responsabilidade pelos problemas nos serviços públicos criticados pelos manifestantes, tais como saúde, educação e mobilidade urbana, não pode ser atribuída apenas ao governo federal, tendo os demais poderes, sobretudo, o Legislativo, também a sua parcela de culpa.

Ataídes Oliveira lembrou ainda que devido à má gestão na área federal nos últimos dez anos, a dívida interna da União, que era de R$ 641 bilhões em 2002, ultrapassou a casa dos R$ 2 trilhões. Com relação à folha de pagamento do governo federal, o parlamentar lamentou também o fato de ter passado de R$ 64 bilhões, em 2002, para R$ 215 bilhões, dez anos depois. (Agência Senado)