Estado

Foto: Divulgação

Interligar as delegacias do estado, tornando o trabalho da Polícia mais dinâmico e ágil. Estes são alguns dos objetivos do novo sistema que está sendo implantado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A novidade é baseada, principalmente, em uma nova forma de registro e administração dos Boletins de Ocorrência (BO).

 Segundo o secretário da SSP, José Eliú Andrada Jurubeba, o sistema possibilita controlar todas as ocorrências policiais registradas no estado em tempo real. “Esse programa traz a informatização para a Polícia Civil. Esse sistema facilitará o trabalho da polícia, tanto na eficiência quanto na padronizando dos procedimentos e dará mais qualidade ao serviço”, destaca.

 Conforme Jurubeba, o programa irá interligar as delegacias e irá agilizar as informações tornando a trabalho da polícia mais dinâmico. “Com esse sistema, todo bem recuperado em qualquer parte do estado, que tenha boletim de ocorrência eletrônica, será automaticamente relacionado e o bem será restituído ao seu verdadeiro proprietário”, explica.

 Além de bens materiais, o sistema irá modernizar e melhorar a busca de criminosos. “Com o sistema, a Polícia Civil saberá quantas ocorrências um cidadão está envolvido e qual sua real participação nas mesmas”, ressalta o secretário.

 Com a padronização, a quantidade de documentos digitados pelo escrivão também será reduzida, diminuindo assim a possibilidade de erro. “Com todos os dados, a Polícia Civil poderá identificar as manchas de crime e, a partir disso irá planejar e desenvolver estratégias de combate a criminalidade no Estado”, declara Jurubeba.

 Outro programa

Ainda segundo o secretário, a SSP tem buscado outras opções para modernizar o trabalho da Polícia Civil, como é o caso do programa Força Nacional Minuto a Minuto, que deve ser implantado nos próximos 60 dias. “Estamos trazendo da Senasp um novo sistema que, através de mensagem de celular, o policial informa a central de polícia uma ocorrência, o que será de muita utilidade para o trabalho da polícia”, afirmou. (ATN)