Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins no final da tarde desta quinta-feira, 15, o suplente de senador Ataídes Oliveira (PSDB) negou a formação de um grupo para as eleições do próximo ano. A divulgação do grupo aconteceu após reunião esta semana em Brasília onde estiveram presentes além de Ataides, o deputado estadual Sargento Aragão (PPS), além do procurador federal Mário Lúcio Avelar e do suplente de senador do PPL, João Costa.

 A formação do grupo foi confirmada por Aragão em entrevista ao Conexão Tocantins. “Batemos um longo papo sobre a política do Tocantins mas na verdade não há bloco, não há grupo”, frisou. Segundo relatou Aragão o grupo seria formado por partidos contra as gestões do governador Siqueira Campos(PSDB) e do prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP).

 Ataídes também negou ser contra o governador e o prefeito. “Contra o governador não tenho absolutamente nada, o que fiz foi dar uma entrevista recentemente  dizendo que não concordo com o que o governo que ele está fazendo. Já com relação ao Amastha não sou contra ele e inclusive temos uma amizade no campo empresarial.Como político estou aguardando e acredito que ele faça uma boa gestão. Portanto este grupo não existe e não tenho nada contra o Siqueira nem contra o Amastha”, explicou.

Mesmo com discurso crítico com relação ao atual governo Ataídes esclareceu que seu posicionamento é contra as ações da atual gestão e não contra a pessoa do governador. Já com relação a Amastha ele analisa que é cedo para avaliar a atual gestão.

 Apesar de contradizer algumas informações repassadas por Aragão sobre o suposto grupo o senador disse que respeita e admira o parlamentar como político.Ataídes está escolhendo para qual partido vai migrar e deve anunciar nos próximos 15 dias.