Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Osvaldo Reis (PMDB/TO) esteve com o ministro da Secretaria de Aviação Civil - SAC, Moreira Franco, para solicitar o término da ampliação e reforma do Aeroporto de Araguaína. A reforma que teve duração de quase um ano e consumiu mais de R$ 11 milhões, não sanou todos os problemas de infraestrutura, como o balizamento noturno e a sinalização.

Osvaldo Reis destacou que Araguaína é a capital econômica do estado com destaque no comércio, universidades e serviços. “Com o desenvolvimento da região, o término da adequação do aeroporto proporcionará um maior crescimento da cidade, qualidade de vida para a população e praticidade em geral. Hoje não recebemos voos noturnos e nosso aeroporto não é digno da grandeza econômica da região”, frisou Reis, lembrando ainda que para receber aviões de grande porte a pista do aeroporto deve passar de 1800m para 2200m de comprimento.

O deputado também solicitou a execução do convênio da SAC e o Governo do Tocantins no valor de R$ 3.250.000,00 para a compra de 02 caminhões de combate a incêndio que devem atender Araguaína e Gurupi. Os caminhões atendem questões legais e de segurança, garantindo o aumento do número de voos.

Segundo o ministro Moreira Franco, Araguaína é um dos municípios que serão contemplados no plano de Desenvolvimento e Logística – Aeroportos do Governo Federal e que por isso receberão investimentos prioritários. “Esse plano garante subsídios aos aeroportos, carros de combate a incêndio, melhorias no terminal de passageiros e ampliação do pátio”, disse o ministro.

Fundado em 1979, o Aeroporto de Araguaína é o principal da região Norte de Tocantins. Atualmente possui voos regulares da TRIP Linhas Aéreas, da Sete Linhas Aéreas e da Passaredo.