Cursos & Concursos

Foto: Lia Mara A natação 50 metros, estilo livre, é um dos testes obrigatórios do exame de capacidade física A natação 50 metros, estilo livre, é um dos testes obrigatórios do exame de capacidade física

A segunda chamada do Exame de Capacidade Física (ECF) do concurso público da Polícia Militar do Estado do Tocantins (PM-TO) tem 750 candidatos convocados para realizar as provas até o próximo sábado, 31, na Escola de Tempo Integral Caroline Campelo, no setor Santa Fé, em Palmas. O objeto do concurso é o preenchimento de 300 vagas para o cargo de Soldado do QPPM da Polícia Militar, distribuídas em 270 vagas para candidatos do sexo masculino e 30 vagas para candidatas do sexo feminino.

O ECF do concurso é de caráter eliminatório e tem o objetivo de verificar a capacidade mínima necessária para suportar, física e organicamente, as exigências próprias do cargo. Devido não ter candidatos suficientes aprovados na primeira chamada para o preenchimento das vagas, a comissão organizadora convocou mais 750 aprovados na prova intelectual para a realização da prova de capacidade física.

O candidato deverá comparecer na data, local e horário com roupa apropriada para a prática de exercício físico, munido de documento de identidade original, comprovante de inscrição e atestado médico original específico para tal fim, conforme modelo no edital. A lista com a convocação da segunda chamada foi publicada no último dia nove deste mês e está disponível no site www.consulplan.net

Sobre a prova

Inicialmente, o candidato será submetido à avaliação da estatura mínima exigida, sendo automaticamente eliminado o candidato que apresentar altura inferior a 1,63m, para homens, e 1,60m, para mulheres. Os candidatos também devem apresentar atestado médico para o início do exame, emitido no prazo máximo de 15 dias úteis antes do ECF, comprovando que o candidato está apto para realizar a prova de capacidade física específica do concurso.

Os testes são realizados em dois dias e seguem a seguinte sequência: primeiro dia, flexibilidade, flexão de braços no solo com quatro apoios para homens e de seis apoios para mulheres e natação 50 metros estilo livre. Segundo dia, teste em barra fixa para homens e suspensão na barra para mulheres, flexão abdominal e corrida aeróbica de 12 minutos. O candidato efetuará cada modalidade do ECF com intervalo mínimo de quinze minutos entre uma e outra.

Jairon Araujo, 24 anos, de Imperatriz (MA), considerou que a avaliação não foi fácil devido às altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar. “Comecei a treinar há dois meses, as provas foram difíceis, mas treinei muito e consegui passar na etapa de hoje”, conta o candidato afirmando que a parte mais difícil para ele será a desta terça-feira, 27.

Já para Jefferson Afonso Castro, 23 anos, da cidade de Gurupi, a ansiedade esteve presente durante as provas, porém não atrapalhou o bom resultado na natação. Ele completou a prova em 34 segundos. “Nas duas últimas semanas eu passei a treinar exclusivamente para o ECF, mas foi uma surpresa o tempo que fiz na natação”, comemora.

Será considerado inapto no exame de capacidade física e eliminado do concurso, o candidato que não tiver a altura mínima exigida para o cargo, não atingir o desempenho mínimo estipulado em todos os exercícios dos testes de acordo com as regras constantes no edital e deixar de comparecer na data, local e horário estipulado ou não realizar o ECF em sua totalidade, independente do motivo.

Próxima fase

O concurso será realizado em seis etapas, sendo que a primeira já foi realizada (Prova Escrita Objetiva de Múltipla Escolha e Discursiva). Após a atual fase, do Exame de Capacidade Física, os candidatos vão realizar a Avaliação Psicológica, com base em critérios objetivos definidos no edital, aplicado por profissionais habilitados em Psicologia que possuam registro no Conselho Regional de Psicologia, e será realizada somente no município de Palmas. (ATN)