Estado

Foto: Divulgação

Com o aumento da Cota Despesa de Atividade Parlamentar (Codap), conhecida como verba indenizatória, dos deputados federais, o limite de gastos com combustíveis para os parlamentares estaduais do Tocantins passou de R$ 5,5 mil para R$ 9,3 mil. Antes os parlamentares podiam pedir o ressarcimento de até R$ 5.500 mil com combustível e agora o teto aumentou para o valor inacumulável de R$ 9,3 mil.

A cota dos deputados estaduais corresponde a 90.25% da verba dos parlamentares federais. Em março deste ano a Codap dos parlamentares federais foi para o valor total de R$ 33.401,78 e sendo assim a da Assembleia Legislativa do Estado subiu para R$ 30.145,11 mil.

Com a verba da Codap os deputados podem ser ressarcidos mensalmente nas despesas com  passagens aéreas, telefonia, serviços postais, instalação e manutenção de escritório compreendendo  locação de imóvel, condomínio, IPTU, energia água e esgoto, locação de imóveis , materiais de equipamento, fatura de TV a cabo , assinatura de publicações, alimentação , hospedagem exceto na capital do Estado  dentre outras. O parlamentar paga as despesas, apresenta as notas fiscais e recebe o ressarcimento.

O diretor Geral da Assembleia Legislativa, Joaquim Junior explicou ao Conexão Tocantins que o valor total fixado da Codap é de acordo com o da Câmara Federal .

Os deputados recebem ainda, além dos salários e da Codap,  a verba de gabinete para custear gastos com contratação de assessores.