Campo

Com o intuito de investir na produção de soja no Tocantins, empresários russos chegaram neste último sábado, dia 21, ao Tocantins, para conhecer as potencialidades do Estado e ainda estreitar relações com produtores e Governo. E eles foram recebidos durante o período da tarde pelo secretário da Agricultura e Pecuária, Jaime Café, e o secretário executivo, Ruiter Pádua. O encontro ocorreu no gabinete da Seagro, aberta no sábado para recepcioná-los.

Na ocasião, foram apresentadas diversas informações relacionadas ao Tocantins, como infraestrutura, condições climáticas, produção de grãos e criação de bovinos. Os empresários também solicitaram informações sobre aquisição de áreas e financiamentos para produção. “O Tocantins está numa região privilegiada no Brasil, para produção de soja, em razão das nossas condições fito climáticas e da nossa infraestrutura para exportação, com rodovias, a Ferrovia Norte/Sul e a proximidade com o Porto de Itaqui (MA)”, afirmou Jaime Café, ressaltando que o Porto de Itaqui fica mais próximo dos países do Hemisfério Norte, como a Rússia, em comparação com os portos do Sul do país.

Durante o encontro, os empresários falaram do crescimento da demanda da soja na Rússia e consequentemente da necessidade de firmar parcerias para a importação do grão de outros países, como o Brasil. “Não queremos apenas comprar soja. Queremos fazer uma longa parceria, com o objetivo de investir e fortalecer o mercado brasileiro e o russo”, afirmou o empresário Yuri Ivanovitch Popov, que integra o grupo de russos que visita o Tocantins. Também fazem parte do grupo Elena Vladinirova Popava, Patrick Van Surell e Irina Duisimbekove.

Para o secretário executivo da Seagro, Ruiter Pádua, o interesse do grupo estrangeiro em investir no Estado mostra a importância da produção tocantinense no Brasil. “Nós somos hoje o principal produtor de grãos da Região Norte e um dos principais no País, com uma produção crescente e que tem atraído investidores de outras localidades e até de outros países”, frisou Padua, após o encontro.

Agenda

Neste domingo, dia 22, a comitiva russa, acompanhada do secretário executivo, visitou a Fazenda Primavera, no município de Rio Sono, a 143 km de Palmas, para conhecer a produção de soja. Após a visita, os investidores irão para o aeroporto de Palmas para retorno ao país. O diretor da Primavera Alimentos, Moacir Vieira de Almeida, também está acompanhou a programação dos empresários estrangeiros.

Dados

O Tocantins é hoje o maior produtor de grãos e oleaginosas da região Norte do País e ainda com a maior quantidade de áreas cultivadas. Na safra 2013/2014, segundo estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Tocantins irá produzir 2.648,7 mil toneladas de grãos. O levantamento da Conab aponta que o Estado produzirá 1.536,4 milhão toneladas de soja este ano, contra 1.382,9 da safra anterior. Este crescimento é decorrente de um aumento de 21,8% da área plantada de soja no Tocantins. O plantio da soja ocupa uma área de 549,5 mil hectares. (Ascom Seagro)