Estado

Foto: Divulgação

Dobrar o número de leitos, ampliar o atendimento no pronto socorro e oferecer melhores condições de atendimento à população. Estas são algumas das principais melhorias que serão proporcionadas com a ampliação e readequação do Hospital Geral de Palmas (HGP). A assinatura da ordem de serviço para início das obras foi assinada na manhã desta segunda-feira, 23, na sede do Hospital em Palmas.

 Para ampliar e readequar o Hospital Geral de Palmas, o governo do Estado investirá R$ 84,6 milhões. Com as obras, o número de leitos praticamente dobrará, passando de 232 para 400. O centro cirúrgico terá mais 10 salas e a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) passará a contar com 60 leitos.

 O Pronto Socorro também receberá investimentos, com um aumento de mais 2.300m². Quando pronto, o novo espaço permitirá o atendimento de 150 pacientes por dia. A previsão é que as obras sejam finalizadas em até 18 meses.

 Durante a solenidade, representando o Governador Siqueira Campos, o Secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos, frisou que a ampliação do HGP marca a retomada das grandes obras na Saúde, já que desde 2002 não foram realizadas ações visando a melhoria no atendimento à população. “A última grande obra realizada no HGP foi em 2002. De lá para cá nunca mais se investiu em estrutura. A população cresceu mais de 10% em alguns anos. Vamos construindo e acompanhar o crescimento da nossa população para que não ocorra nunca mais uma situação como essa”, declarou o secretário.

 Até que as obras sejam concluídas, um Hospital de Campanha vai ser construído para atender a demanda da unidade. A estrutura, que vai contar com 100 leitos, deve estar pronta em 20 dias. “Vamos fazer uma estrutura provisória para que tenhamos um local para colocar nossos pacientes que estão nos corredores. Fizemos agora para mostrar que é algo provisório enquanto as obras ocorrem”, afirmou a secretária de Saúde, Vanda Paiva.

 Ainda para promover o bem estar dos pacientes, segundo o engenheiro Pedro Henrique De LaRocque, superintendente da empresa responsável pelas obras do HGP, será utilizada tecnologia de ponta na construção para que os pacientes não sofram qualquer tipo de impacto durante as obras.  “É uma obra complexa, pois não deve impedir o funcionamento normal do hospital. Dessa forma, estamos fazendo um trabalho de humanização junto à Psicologia do hospital para suprimir os possíveis impactos aos usuários”, explicou o engenheiro.

 Para a paciente do setor de oncologia do HGP, Regina Barrosa de Andrade, a ampliação das instalações do hospital vem contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que se tratam na unidade. “A minha visão é que essa obra é uma graça de Deus, já que precisávamos mesmo dessa ampliação e fico muito feliz por saber que teremos melhores condições de atendimento e tratamento”, disse.

 Outras obras

Durante a assinatura da ordem de serviço para ampliação do Hospital geral de Palmas (HGP), a secretária de estado da saúde, Vanda Paiva, anunciou outras obras de ampliação e construção de hospitais em diferentes municípios do Tocantins.

 De acordo com Vanda, até o final desta semana deve publicada a ampliação e reforma dos hospitais de Miracema e Paraíso do TO. A secretária disse ainda que em mais alguns dias deve ser anunciada a reforma de hospitais nos municípios de Guaraí, Dianópolis e Porto Nacional.

 Em Gurupi as obras de reforma e ampliação devem ser iniciadas na próxima segunda-feira, 30. Ainda conforme a secretária, O hospital de Araguaína já está com as obras em fase de licitação. “Teremos mais reformas e ampliações em várias unidades para dar uma melhor condição e estrutura aos nossos profissionais e população”, afirmou Vanda.(ATN)