Polí­tica

Foto: Divulgação

Na noite desta terça-feira, 15, moradores do Aureny III participaram da terceira rodada de discussão sobre o Sistema de Transporte Público de Palmas, realizado pela Secretaria de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte (Samot). A Escola de Tempo Integral Eurídice de Melo foi o local das discussões, com a participação de estudantes, donas de casa e outros trabalhadores que diariamente têm os ônibus como meio de deslocamento para suas atividades.

Esses encontros promovidos pela Samot servem para os usuários relatarem suas críticas e sugestões e também para o órgão municipal ter dados sobre o que pensa e o que quer o palmense para um sistema mais funcional, prático e ágil para os próximos anos.

Ônibus cheios, falta de calçada com faixa-guia para cegos, transporte escolar e sinalização das vias na União Sul, inclusão de uma linha passando por dentro da Aureny III (Eixão), ônibus para atender o Setor Sônia Regina e uma linha direta para beneficiar estudantes que saem de Taquaruçu para a Universidade Federal do Tocantins foram algumas das ideias registradas no evento.

A reunião foi liderada pelo diretor de Projetos da Samot, Marcelo Alves, e teve também as presenças dos vereadores Claudemir Portugal e Júnior Geo e do secretário da Inclusão Social, José Mamede de Oliveira.

Ivanilton da Costa Reis, morador na Auereny III, destacou a importância da realização. “É muito importante para a população, pena que ela não valoriza muito esse tipo de reunião e debate. Esse debate foi muito positivo e a gente espera que [as reivindicações] venham atender os anseios da comunidade”, afirmou.

O usuário Márcio de Moraes, do Setor União Sul, teve participação ativa no evento, levando algumas sugestões a partir de dificuldades vividas pelos moradores. Além de relatar necessidades para o sistema, Moraes sugeriu que a mídia dê maior ênfase na divulgação desse tipo de realização. “Só descobri por acaso. Mas esta reunião veio a calhar, com poucas pessoas, mas de qualidade, que fizeram valer a pena. Isso é de grande valia”, afirmou.

Há ainda outros dois encontros na agenda da Samot. O próximo será quinta-feira, 17, na Escola Municipal Jorge Amado. (Secom Palmas)