Campo

Foto: Cleuber Sousa

Pequenos produtores tocantinenses serão beneficiados com nova etapa do Projeto de Melhoramento Genético de Rebanhos, oferecido pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro). Nos últimos meses de 2013, deverão ser realizadas três fases do projeto, sendo que a primeira acontecerá entre os dias 04 e 09 de novembro, beneficiando cerca de 450 produtores de cinco municípios das regiões Central e Sul do Tocantins.

De acordo com o secretário da Agricultura e Pecuária, Jaime Café, o projeto de melhoramento genético é uma importante ação para melhorar a qualidade do rebanho tocantinense e aumentar a produção leiteira, uma vez que a maior parte dos procedimentos são realizados no gado leiteiro. “Esse projeto beneficia, principalmente, os pequenos produtores e assentados sem condições financeiras para aplicar tecnologia em seu rebanho”, acrescentou Café.

A médica veterinária da Seagro Arlete Mascarenhas, explica que o projeto de melhoramento genético custeia a maior parte dos gastos do procedimento, como mão de obra qualificada e técnica para a inseminação. A cargo do produtor, fica apenas a aquisição do sêmen – com custo médio de R$ 20, por cabeça. Além de financiar o exame de brucelose no animal.

Programação

Na segunda-feira, dia 04, pela manhã, serão realizados procedimentos de melhoramento genético em cerca de 30 bovinos no município de Santa Tereza do Tocantins, a 41 km de Palmas. À tarde, serão realizados outros 30 procedimentos em Porto Nacional, a 52 km da Capital.

No segundo dia, 05, os técnicos farão cerca de 50 procedimentos em bovinos, no município de Santa Rosa, a 140 km de Palmas. No dia 06, a van do projeto estará na Escola Agrícola do município de Natividade, a 200 km da Capital, onde serão realizados cerca de 30 procedimentos.

Entre os dias 7 e 8 de novembro, os técnicos estarão no município de Palmeirópolis, a 458 km de Palmas, para realizar cerca de 300 procedimentos de melhoramento genético.

Fases

Nas outras etapas deverão ser atendidos ainda em 2013, pequenos produtores das regiões Norte e Centro-oeste do Tocantins. O Projeto de Melhoramento Genético de Rebanhos é realizado pela Seagro, desde o ano de 2005, beneficiando produtores de todas as regiões do Estado. (Ascom /Seagro)