Estado

Foto: Divulgação

Já está disponível no site do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e no site do Tribunal de Justiça do Tocantins, o questionário do Censo Nacional dos Magistrados, destinado a conhecer o perfil dos 17 mil magistrados brasileiros. A pesquisa foi lançada no Plenário do CNJ, em Brasília, no início da tarde desta segunda-feira (04/10).

No Tocantins o Tribunal de Justiça, por meio de a juíza auxiliar da presidência, Silvana Parfieniuk, já iniciou a mobilização dos 126 magistrados que atuam no Judiciário Estadual. “Este Censo é de grande importância para o Judiciário. Estamos trabalhando para que todos os magistrados tocantinenses, no âmbito da Justiça estadual, possam responder. Conhecer melhor o perfil de cada um é o caminho mais adequado para avançarmos em diferentes áreas”, afirmou a juíza.

O questionário ficará disponível no site do TJTO (parte superior) para preenchimento por 40 dias. São 60 perguntas divididas em quatro blocos. A pesquisa pretende sistematizar as situações pessoais e funcionais, além de analisar a opinião de ministros, desembargadores, conselheiros e juízes de 91 tribunais e três conselhos.

O Censo dos Magistrados é segunda etapa do Censo Nacional do Poder Judiciário. A primeira etapa do Censo – encerrada no dia 21 de outubro – foi aplicada entre os 285 mil servidores do Poder Judiciário e respondida por 60% deles (173 mil).

O evento de lançamento contou com a presença dos conselheiros Paulo Teixeira, Saulo Casali Bahia, Flavio Sirangelo, Guilherme Calmon, Deborah Ciocci, Fabiano Silveira, Gisela Gondin e Maria Cristina Peduzzi.