Polí­tica

O Projeto de Lei que dispõe sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária para o exercício financeiro de 2014, a LDO, está com o relator da matéria, vereador Joaquim Maia (PV), que está aguardando a apresentação de emendas.

A LDO deve ir ao plenário na próxima semana, para discussão e votação, segundo previsões do relator. A previsão das receitas para o próximo ano é de mais de R$ 898 milhões. Só de receita tributária a estimativa do Executivo é de mais de R$ 758 milhões.

Para 2015, a previsão é de mais de R$ 987 milhões e para 2016, R$ 1 bilhão e 88 milhões. A LDO estabelece as metas fiscais, os critérios para a limitação de empenho e movimentação financeira e a margem de expansão das despesas obrigatórias de natureza continuada.

“Para iniciar o programa de trabalho do PPA 2014-2017, o projeto da LDO fixa as metas e prioridades na administração do setor público municipal consolidado para o exercício de 2014. O foco estará em investimentos e na conclusão de obras que estão em andamento, com recursos assegurados por meio de transferências voluntárias do governo federal, convênios e operações de crédito”, destaca o prefeito Carlos Amastha na mensagem encaminhada ao Legislativo.

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Joaquim Maia, Projeto de Lei