Polí­tica

O Vereador professor Júnior Geo (PROS) fez uso da tribuna na manhã desta terça-feira, 19, para manifestar sua indignação contra o decreto municipal nº571/2013, publicado no Diário Oficial do Município de Palmas do dia 2 de setembro que proíbe todos os servidores públicos de fazer horas extras e tirar férias até o dia 31 de dezembro.

Júnior Geo afirmou que a suspensão de férias de servidores precisa ser motivada por algo que justifique. “O executivo gasta mais do que deve, não há planejamento e quer descontar nos servidores que trabalharam o ano todo, isso não é justo”, enfatiza.

Entenda o caso

No último dia 11, por meio de uma decisão do juiz substituto Valdemir Braga de Aquino Mendonça, da 1ª Vara de Feitos das Fazendas e Registros Públicos, suspendeu os efeitos do decreto municipal em resposta a um mandado de segurança expedido pelo Sindicato dos Profissionais da Enfermagem no Estado do Tocantins (Seet). (Ascom Junior Geo)

Por: Redação

Tags: Diário Oficial, Júnior Geo, Seet