Economia

Foto: Divulgação

A Semana Nacional da Conciliação superou as expectativas no Tocantins, encerrando com números bastante expressivos: R$ 11.903.091,90 em acordos. É o que demonstra o balanço final apresentado pela Coordenadoria Estadual do Movimento pela Conciliação, resultado dos cinco dias de mobilização (2 a 6 deste mês) em prol da solução pacífica de problemas judicializados.

A soma dos valores acordados é a maior já registrada em todas as edições da Semana no Tocantins. Comparando os quase 12 milhões desse ano com a última edição, realizada em 2012, quando os acordos geraram R$ 2.811.279,08, o montante de 2013 é aproximadamente quatro vezes maior. Para alcançar esses números houve o envolvimento de 22 comarcas, sendo Palmas a responsável por aproximadamente sete milhões do valor total em acordos.

Várias comarcas se destacaram como é o caso de Araguaína. Das 1.135 audiências designadas, foram realizadas 1.105, sendo homologados 492 acordos, ou seja, mais de 44%. Em cinco dias foi movimentada a importância de R$ 2.298.063,22. Outra comarca que colaborou bem com os números finais foi a de Pedro Afonso, em um único acordo o valor chegou a Rnt.150.000,00.  

Para a presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargadora Ângela Prudente, o resultado reflete o empenho do Poder Judiciário em incentivar as conciliações. “Esse é o resultado da mobilização de todo o Poder Judiciário do Tocantins e demonstra que a conciliação é o melhor caminho na busca pela paz, pondo fim a conflitos, tendo ambas as partes satisfeitas”, afirmou a presidente ao reforçar que os acordos pacíficos devem prevalecer no Judiciário.     

Dados Gerais

Além do montante milionário em acordos, a Semana Nacional da Conciliação no Tocantins ainda registrou a realização de 2.791 audiências cíveis, sendo homologados 863 acordos. Já na área criminal foram 214 audiências. Ao todo foram realizadas 3.005 audiências, das 3.832 designadas. Já o total de acordos foi de 977, representando 32,51% do total de audiências realizadas. O número de pessoas atendidas chegou a 4.791.

A Semana Nacional da Conciliação, que este ano trouxe o slogan, “Eu concilio, você concilia, nós ganhamos” mobilizou 22 comarcas no Tocantins, envolvendo mais de 100 conciliadores voluntários. O coordenador da Central de Conciliação de Palmas, juiz Nelson Coelho Filho fala sobre a importância dos acordos. “A sentença sempre desagrada um ou a ambos, já a conciliação resolve o conflito entre elas, então, com certeza o melhor caminho é a conciliação”.

Para o coordenador estadual do Movimento pela Conciliação, a Semana já deu uma mostra de sua importância  superando todas as oito edições já realizadas. “O resultado é a demonstração da importância da conciliação, que já está se tornando um hábito e, é sem dúvida o melhor caminho para a consolidação da paz”, afirma.   

 Comarcas participantes

Das 25 comarcas previstas para participar da Semana Nacional da Conciliação no Tocantins, 22 se efetivaram na mobilização. Foram elas: Almas, Ananás, Araguacema, Araguaína, Araguatins, Arapoema, Arraias, Colinas, Colméia, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Miranorte, Natividade, Palmas, Pedro Afonso, Ponte Alta do Tocantins, Tocantínia, Tocantinópolis, Wanderlândia e Xambioá. (Ascom TJ)