Estado

O ex-vereador e secretário Executivo da Secretaria dos Esportes e Lazer, Fernando Rezende pediu exoneração do cargo. Em entrevista ao Conexão Tocantins Rezende justificou que deixa a pasta para se dedicar aos seus negócios já que ele é empresário do ramo imobiliário. “Procurei dar o melhor para o Esporte do Estado, ainda que por pouco tempo, e com pouca condições de trabalho”, disse.

 Rezende frisou que não teve condições de contribuir mais na área por causa de seus compromissos empresariais. Ele informou que deixou R$ 2 milhões em caixa na pasta e mais R$ 12 que já foram conquistados junto ao governo federal. Questionado se continuará militando na área de Esporte ele frisou que mantém sua paixão mas considera que falta incentivo para as políticas. “ Tanto o governo federal quanto estadual precisam apoiar mais o esportista e as iniciativas esportistas”, opinou.

 O ex-vereador deixou a pasta após críticas de vários deputados estaduais na semana passada que questionaram a falta de apoio por parte do governo aos clubes do Estado. Rezende disse que quando as críticas foram feitas ele já tinha pedido para deixar o cargo.

 Na portaria de exoneração consta que a saída dele foi a pedido. Rezende já foi presidente do Palmas Futebol e Regatas.