Estado

Foto: Melissa Decaria

Um dos lugares mais procurados para ecoturismo e turismo de aventura na região norte do Brasil, o Parque Estadual do Jalapão (PEJ), localizado ao leste do Estado do Tocantins, comemora seus 13 anos esta semana, dia 12 de janeiro.

O PEJ tem como características principais as belezas naturais que estão protegidas em seu interior e em seu entorno através de ações do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins com os moradores da Área de Preservação Ambiental do Jalapão.

Com dunas de areias douradas; rios e cachoeiras de águas cristalinas e inúmeras veredas onde o Buriti e o Babaçu estão protegidos, o Parque do Jalapão é o destino preferido de milhares de pessoas que buscam o ecoturismo e o turismo de aventura nas estradas do “Deserto do Jalapão” como é comumente chamado.

Para preservar seus mais de 96 mil hectares, o parque dispõe de duas bases de apoio em seu interior, um centro projetado para abrigar pesquisadores e técnicos que visitam o Jalapão, e a sede administrativa localizada no centro do município de Mateiros.

O parque ainda possui uma brigada de combate a incêndios florestais durante o período de estiagem e técnicos que orientam os visitantes quanto à delicadeza dos atrativos locais, como as dunas, Cachoeira da Formiga e fervedouros.

Além dos atrativos, a região oferece ainda aos moradores o capim dourado e o buriti, que servem para a confecção de artesanato que com a sua comercialização garante o sustento das famílias locais.

Parque Estadual do Jalapão

Criado pela Lei Estadual 1.203 de 12 de janeiro de 2001, pertence à categoria de Unidades de Conservação de Proteção Integral do Estado do Tocantins e abrange quinze municípios da região, sendo eles: Barra de Ouro, Campos Lindos, Centenário, Goiatins, Itacajá, Itapiratins, Lagoa do Tocantins, Lizarda, Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins, Recursolândia, Rio Sono, Santa Tereza do Tocantins e São Félix do Tocantins. (Ascom Naturatins)

Por: Redação

Tags: Mateiros, Naturatins, Parque do Jalapão