Estado

A área no Loteamento Taquaruçu, conhecida como Morro do Chapéu e que vai receber uma estátua réplica do Cristo Redentor, é particular. O projeto de construção é da Associação Palmas para Cristo que tem como presidente o procurador Geral do Estado, André de Matos. O proprietário da área, que não teve o nome divulgado pela associação, doou 30 hectares para a construção da estátua.

O governo até o momento não estimou se terá custo com o projeto mas a Associação garante que o investimento será custeado apenas pela iniciativa privada através de um grupo de empresários. A estimativa é que a associação gaste cerca de R$ 250 mil, dinheiro que foi arrecadado também dos empresários.

Como o Conexão Tocantins já informou ontem a área onde será instalada a estátua fica em parte dos lotes 47 e 48 do Loteamento Taquaruçu, em Palmas e já recebeu Licenças Prévia de Instalação e Operação e a Autorização de Exploração Florestal (AEF) por parte do Naturatins.

Os empresários que estão investindo no projeto poderão explorar comercialmente o local. A previsão de inauguração será no dia do aniversário da capital. Uma base de 9 metros está sendo construída no local pela MV Engenharia. O argumento principal da associação é o de estimular o turismo na cidade. O arquiteto brasileiro Luiz Deusdara é o autor da projeção da imagem.

A associação foi criada exclusivamente para viabilizar a construção da estátua que está sendo produzida no Ceará. O projeto foi anunciado pelo Governo do Estado no último dia de 2013 e tem gerado polêmica principalmente com relação à originalidade. O pré-candidato do PT, Nicolau Esteves foi um dos que criticou a iniciativa, além de jornalistas e formadores de opinião.