Polí­cia

Foto: Divulgação

Durante fiscalização de rotina nesta última terça-feira, 4, em Guaraí, na BR-153, agentes da Polícia Rodoviária Federal, abordaram um ônibus de linha regular, itinerário Goiânia-GO a Imperatriz-MA, e localizaram no bagageiro do mesmo, 2 caixas contendo eletrônicos.

Em uma das caixas continham 45 celulares, carregadores, baterias, fones, 45 etiquetas falsificadas de baterias originais Samsung, 54 selos falsificados Samsung, e em outra caixa, continham, 30 celulares, carregadores, baterias, fones e 29 etiquetas falsificadas marca Samsung, 37 selos falsificados Anatel, 30 selos falsificados de Galaxy SIII, 45 selos falsificados marca Samsung.

As caixas estavam identificadas com os dados das respectivas notas fiscais apresentadas pelo transportador. Porém, os produtos descritos nas notas fiscais eram completamente diferentes dos produtos encontrados no interior das caixas.

Mais quatro caixas

Ainda nesta terça-feira, em Guaraí, na BR-153, às 11h durante fiscalização de rotina, no ônibus de linha regular itinerário Goiânia/GO a Marabá/PA foram encontradas quatro caixas com inúmeros objetos no interior do veiculo.

Nas caixas continham: 11 celulares marca LG, 16 celulares Samsung, 02 celulares Alcatel, 06 celulares Nokia; 183 capas para celular, 50 carregadores para celular e 7 adaptadores/SD; 2 celulares Motorola, 13 celulares Samsung; 7 celulares LG; 1 celular Nokia, 7 caixinhas de MP3, 24 fones de ouvido, 18 adaptadores/SD e 2 MP3, sendo estas 3 destinadas a Marly ATM, telefone 9161-4499; 8 celulares Samsung, 7 celulares LG e 02 Nokia.

As mercadorias, enviadas como encomenda, estavam sem documentação fiscal, sendo encaminhadas a Secretaria da Fazenda Estadual.

Excesso de Peso

Na manhã desta última terça-feira, em Guaraí, agentes da Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização de rotina, fizeram a retenção de um veículo da marca Scânia modelo R 124 e Semi Reboque, ambos com placas de Santa Catarina, conduzido por C. M. S., 40 anos.

O referido veículo foi flagrado com 28.058 quilos de excesso de peso. O veículo que saiu de Cordeirópolis, na região central de São Paulo, com destino à cidade de Paragominas/PA estava carregado com piso cerâmico.

O Transportador foi autuado em mais de R$ 8.256,87 e a sua liberação está condicionada ao transbordo da carga excedente, o que está sendo feito para dois caminhões trucks.

Além das penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, que pode alcançar o condutor, o proprietário do veículo, o embarcador e o transportador, o responsável direto pela infração, poderá sofrer outras sanções por força de um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), celebrado entre e a PRF e o Ministério Público Federal (MPF), que visa combater o excesso de peso. Todas as ocorrências desta natureza serão encaminhadas ao MPF que oferecera denuncia, visando a responsabilização do responsável pelos danos causados. (Ascom PRF)