Polí­cia

Foto: Divulgação

O Laboratório de Criminalista de Palmas divulgou na segunda-feira, 10, o resultado do exame realizado para confirmação da causa da morte dos irmãos Pedro Henrique Monteiro Lemos, 3 anos, Walina Monteiro Lemos, 12 anos e Welison Lemos, de 13 anos, que teriam sido mortos no início do ano pelo próprio pai, Raimundo Ailon de Sousa Lemos.

O exame comprova que foram encontradas substâncias tóxicas, confirmando a morte por envenenamento das três crianças. Além das três crianças, Maria Divina Pereira Barbosa, mãe das crianças, também foi morta por Raimundo, que em seguida cometeu suicídio. O exame feito no casal ainda não foi divulgado.

Caso

A tragédia aconteceu na cidade de Gurupi, e foi descoberta no dia 07 de janeiro. Raimundo Ailon de Souza Lemos suicidou-se e antes teria matado a ex-esposa, Maria Divina Pereira Barbosa e ainda os próprios filhos: Walina Monteiro Lemos, 12 anos, Welison Lemos, 13 anos, e Pedro Henrique Monteiro Lemos, 3 anos.

Os filhos moravam com a mãe em Goiânia e estavam passando férias com o pai. Os corpos foram encontrados já em estado de decomposição numa residência em Gurupi. Raimundo teria primeiro matado os filhos e depois  sequestrado e assassinado a ex-esposa numa estrada perto de São Valério. Antes do suicídio teria ateado fogo em seu carro.