Polí­tica

Foto: Divulgação

Em Miracema, a 78 km de Palmas, a vereadora Hadul de Carvalho Bucar Alencar (PRTB), mais conhecida como Maria Bala, protocolou requerimento na segunda-feira, 17, pedindo a abertura de processo de perda de mandato contra o vereador Manoel do Nascimento Pereira Silva Nasci, conhecido como Nasci da Ótica, sob acusação de quebra de decoro parlamentar, por supostamente estar exigindo pagamentos por horas de serviço prestadas com as máquinas da prefeitura do município.

O requerimento foi protocolizado na Câmara Municipal de Miracema e segue para a assessoria jurídica da Casa para análise e adoção das medidas necessárias para sua tramitação.

A vereadora Maria Bala afirmou ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira,19, ter entrado com requerimento em virtude da perda do mandato do vereador Manoel do Nascimento, por ele estar cometendo atos não condizentes com a sua função. “Eu fiz a denuncia porque esse vereador está cometendo vários atos que não são cabíveis a ele”, afirmou.

Maria ainda disse que tem provas que comprovam atos ilícitos por parte do vereador Nasci. “Tenho um senhor que é produtor rural da região de Brejinho e estava precisando dos serviços da máquina, que confirma pra quem quiser ouvir que teve de pagar R$ 1,500 ao vereador, que cobrou por nove horas de serviços com a máquina”, disse Maria Bala que ainda salientou. “Ele está usando o poder de vereador para extorquir o povo, ao invés de ajuda-los está tirando proveito deles”, salienta.

Vereador nega

O vereador Manoel do Nascimento Pereira Silva Nasci (PMDB), conhecido como Nasci da Ótica, negou a acusação ao Conexão Tocantins e disse que vai tomar as medidas contra a vereadora Maria Bala em defesa das acusações.

“Não tenho conhecimento nenhum desta prática ilícita, acompanhei como fiscal do povo, até porque sou vereador. Com meu advogado entrei com ação contra a vereadora por calúnia e difamação”, disse o vereador que ainda questionou as supostas provas que Maria Bala teria contra ele. “Ela não tem minha voz, não tem vídeo, não tem nada meu, simplesmente pegou uma pessoa e pediu para ela falar, se ela tem provas que realmente comprove”, disse.

Nasci da ótica ainda salientou que acompanhou o trabalho das máquinas na região de Brejinho em Miracema, por ser onde ele nasceu. “Acompanhei por ser a região onde nasci e à máquina foi locada pela prefeitura para realizar trabalhos nas regiões de Miracema, acompanhei outros trabalhos também”, afirmou o vereador.