Polí­tica

Foto: Divulgação

 O líder da oposição na Câmara Municipal de Palmas, vereador Iratã Abreu (PSD-TO) afirmou na sessão ordinária desta quarta-feira, 26, que vai propor uma emenda à Lei Orgânica do Município para obrigar o prefeito da Capital a comunicar suas viagens à Casa e a convocar o primeiro na linha sucessória.

 Conforme Iratã, a oposição não é contra as viagens do prefeito, até porque ele está em Singapura a serviço do município. “Somos contrários à forma como tudo isso acontece”, explicou Iratã ao afirmar que a comunicação oficial das viagens do prefeito deve acontecer para que ocorra a sucessão prevista na Lei Orgânica e a cidade não fique sem comando.

 Para Iratã, a emenda que ele vai propor vai evitar situações como a que está acontecendo, ou seja, Palmas não tem um vice-prefeito, pois o eleito renunciou; e o presidente da Casa não quis assumir de momento, prejudicando, assim o segundo na linha sucessória, no caso o vice-presidente da Casa.

“Para Iratã, se o presidente não quis assumir a sua responsabilidade, ele prevaricou ou, no mínimo, foi omisso”, ressaltou o líder da oposição ao afirmar que a decisão de Negreiros deixou a cidade acéfala e prejudicou o vice-presidente da Casa, vereador Emerson Coimbra, “o qual certamente teria muito gosto em assumir o Executivo de nossa Capital, o que não aconteceu por questões políticas”, apontou Iratã.

 Parque Cesamar

O assoreamento do Lago do Parque Cesamar foi tema nesta quarta-feira de um dos requerimentos do vereador Iratã Abreu. Com o apoio e aprovação do plenário da Casa, o vereador propôs ao Executivo que seja feito o desassoreamento do lago.

 Em outro requerimento, Iratã solicitou o reparo da drenagem do estacionamento da Avenida Theotônio Segurado, em frente ao prédio Amazônia Center. O vereador lembrou que essa é a segunda vez que pede isso ao município e, apesar de afirmar que vão corrigir, o problema até o momento não foi corrigido. “É vexatório para nós, pois não estamos conseguindo ser atendidos nem na porta da nossa Casa”, disse Iratã ao informar que momentos antes o plenário havia aprovado requerimento semelhante do vereador Emerson Coimbra.

Iratã solicitou ainda que a Secretaria Municipal de Saúde disponibilize uma sala de repousa feminina para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).