Estado

Foto: Joeldino Gomes Rogério Tonaco afirma que entrou em contato com a empresa Tocantinense Transporte e Turismo Rogério Tonaco afirma que entrou em contato com a empresa Tocantinense Transporte e Turismo

Em entrevista na tarde desta segunda-feira, 10, moradores do distrito de Luzimangues discordaram das explicações feitas pelo subprefeito de Luzimangues, Rogério Tonaco, em matéria veiculada no Conexão Tocantins na semana passada. Tonaco na oportunidade disse que o transporte coletivo na localidade não seria viável pela demanda. 

Segundo Nassa Élida, moradora de Luzimangues há 4 anos, pela necessidade do uso diário do transporte coletivo, resolveu marcar reuniões com todos os moradores do Distrito e a empresa Tocantinense para que se resolvesse a questão do transporte urbano. “Tenho necessidade todos os dias de pegar ônibus, eu e a comunidade resolvemos chamar os donos da empresa Tocantinense para resolvermos o problema”, afirmou.

Nassa ainda disse: “O subprefeito diz que não é viável, mas não é viável para ele que não usa, e essa questão de um, dois passageiros serem transportados, não é verdade, dificilmente o ônibus leva poucas pessoas”, afirmou, salientando que em reunião, a empresa Tocantinense em caráter experimental resolveu testar o transporte coletivo chamado de Ligeirinho por 30 dias. “Desde o dia 20 de fevereiro a empresa entrou em teste para ver a questão de viabilidade, não chamamos o subprefeito para a reunião porque, como vou chamar se a ideia nem foi dele, ele que tinha que ter organizado. E não estamos com o intuito de política, queremos atenção porque pagamos IPTU caro e não temos estrutura adequada”, afirmou Nassa.

Nassa ainda argumentou que diferentemente do que o subprefeito afirmou, não só o Bairro Vilage Morena está sem asfalto e sem estrutura: “O Bairro Riviera do Lago, por exemplo, não tem asfalto, tem a promessa pelo loteador que até o fim do ano vão estar finalizando as obras, eles dizem que estão aguardando o período da chuva passar. Mas ele não pode falar que só o Vilage não está asfaltado. E quanto a praça, ela vai ser feita no Bairro Riviera do Lago e não no Vilage”, pontuou.

Leonardo Silva morador de Luzimangues há 17 anos, desde que o Distrito era chamado de Porto da Balsa, afirmou ao Conexão Tocantins que trabalha e estuda todos os dias e necessita pegar o ônibus diariamente. “Pego o ônibus todos os dias, e de segunda a sexta-feira ele passa de uma em uma hora, já nos sábados e domingos o ônibus passa de duas em duas, tem viabilidade e necessidade sim”, afirmou.

Leonardo disse que pelo fato de o loteador não repassar os lotes diretamente para a prefeitura, passando estes para terceiros estaria de alguma forma prejudicando na infraestrutura. “O loteador tem que dar infraestrutura básica, mas a administração tem que viabilizar, se a cada quilometro o loteador tiver que asfaltar em frente ao lote que o pertence, fica meio sem lógica”, disse.

O morador ainda salientou que o subprefeito não acompanha o percurso do ligeirinho. “É mentira dele, ele não acompanha, o que ele alega é mentira, ele quer passar que o município esta a par de tudo para dar credibilidade. Durante o meio da semana o ligeirinho é bem cheio, no final de semana é mais vazio e o que eles falam não é o que acontece na prática, deicha a desejar”, disse.

Empresa Tocantinense

A empresária da Tocantinense Transporte e Turismo, Divina Vieira Fernandes Contes, afirmou ao Conexão Tocantins, na tarde desta segunda-feira, que estão tentando atender a população de Luzimangues e afirmou que o subprefeito Rogério Tonaco não entrou em contato com a empresa. “Estamos tentando atender a população, estamos trabalhando no vermelho para tentar atender, porque a princípio o número de passageiros é muito pouco”, afirmou ela que ainda disse: “A prefeitura nunca entrou em contato conosco”, salientou.

“Estamos atendendo no vermelho, mas vamos atendendo até quando der”, finalizou.

Subprefeito

O subprefeito do Distrito, Rogério Tonaco, afirmou ao Conexão Tocantins que por telefone entrou em contato com a empresa a algum tempo. “Por telefone entrei em contato com a Tocantinense já tem um tempo e a empresa alegou inviabilidade”, disse Rogério, complementando ainda: "A empresa se dispôs a fazer o teste, acompanhei nos primeiros dias, constatei que em alguns trechos tinham poucos passageiros, não sei se o ônibus ainda está rodando de hora em hora como antes, não acompanhei mais”, afirmou o subprefeito.

Tonaco ainda disse que o reparo na infraestrutura do Rivieira, Bairro próximo ao Vilage Morena, está providenciando pelo loteador. “O loteador proprietário que fez o loteamento está resolvendo, parte do bairro tem infraestrutura e parte não tem. A parte que foi comercializada o loteador não mexeu mais, agora a parte que está sendo comercializada está sendo feita a infraestrutura”, pontuou Rogério.