Estado

Foto: Divulgação

O procurador de Contas, Oziel Pereira dos Santos, utilizou o site da instituição Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE-TO) nesta terça-feira, 18, para informar fato de natureza privada que o envolve. Ele entrou com uma Queixa Crime contra o Conexão Tocantins e a jornalista que assina a matéria intitulada "Procurador cogitado para vaga no TCE é indiciado por desvio de verba no Igeprev”. A matéria em questão foi atualizada em sua manchete.

Na sua nota, postada no site do TCE pela assessoria de comunicação da instituição, o procurador afirma que o objetivo da reportagem foi prejudicá-lo, “tanto no aspecto profissional como pessoal e social”. Segundo ele a notícia se reporta a um conjunto de “fatos inverídicos e sem nenhuma conexão estrita entre si”.

A matéria do Conexão Tocantins, entretanto, foi baseada em informações fidedignas e documentos de conhecimento público e o procurador foi ouvido e teve amplo espaço para se pronunciar e expor sua versão sobre o fato.