Economia

Foto: Divulgação

O Instituto Fecomércio Tocantins e a Universidade Federal do Tocantins (UFT) realizaram a pesquisa “Expectativa de consumo – Páscoa 2014”, em Palmas. Os dados foram coletados entres os dias 10 e 13 de março. No total foram feitas 405 entrevistas, em pontos principais do comércio da capital, como a Av. JK e Av. Tocantins, shoppings, supermercados, terminais de ônibus e unidades do Sesc.

Na pesquisa, 59,3% dos entrevistados disseram ter a intenção de presentear alguém nessa páscoa. O principal item como de costume é o ovo de páscoa, com 58%, seguido de cesta de chocolates, 12,5% e caixa de bombons, 10,2%. Cerca de 51% das pessoas afirmaram que nesse ano os ovos estão mais caros do que em 2013. A grande maioria pretende gastar entre R$ 50, 01 a R$ 100, 00 e a principal forma de pagamento é em dinheiro.

O presidente da Fecomércio Tocantins, Hugo de Carvalho, explica que o aumento do preço está relacionado às mudanças na economia. “Com a alta do dólar, alguns produtos sofreram um aumento em seu preço, como foi o caso do cacau, que é muito exportado e teve uma queda na safra esse ano. Ele é o principal ingrediente para a fabricação do chocolate. Além disso, temos também o impacto da inflação”, disse.

Os consumidores na hora de comprar estão levando em consideração, a marca do produto (36,4%), desconto nos preços (19,6%) e promoções (19,4%). Os locais preferidos para a aquisição dos chocolates são supermercados (59,8%) e shoppings (29,1%).

Turismo

Apesar de ser um feriado prolongado, a maioria dos entrevistados (60%) expuseram que não pretendem viajar. Dos 39,8% que disseram que irão viajar, 52,8% pretendem ir para cidades no interior do Estado. Para a diretora do Instituto Fecomércio, Alexandra Bramatti, esse resultado é inesperado. “Essa pesquisa nos mostrou um dado, que no mínimo não se esperava, já que o feriado compreende até dia 22, dia 21 é feriado de Tiradentes, mas para o comércio da Capital esse resultado é positivo, haja vista que deverá movimentar as lojas e shoppings, também com os visitantes de outras cidades”, ressaltou.

Pescados

Outro produto abordado na pesquisa foi o peixe. 54,8% responderam que pretendem alimentar-se dessa carne durante a semana santa, contrários a 27,4% que disseram que não irão consumir. Das pessoas que irão comer peixe, 91,9% afirmam que irão comprar peixes frescos, sendo que a procura será maior pelo Tucunaré e Pintado. (Ascom Fecomércio)

Por: Redação

Tags: Fecomércio, Hugo de Carvalho, Páscoa 2014, UFT