Polí­tica

Foto: Divulgação

A foto e a notícia do encontro da senadora Katia Abreu (PMDB) e o prefeito Carlos Amastha (PP) junto com o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo geraram repercussão no meio político do Tocantins já que os dois são ferrenhos adversários e se uniram em prol de uma causa institucional: a realização dos Jogos dos Povos Indígenas na capital em 2015.

Amastha sempre que fala em política critica a senadora e descartou por várias vezes uma aliança com o grupo de Katia. O encontro dessa segunda-feira em Brasília foi estritamente institucional e foi articulado pelo ex-secretário de Governo e Relações Institucionais da prefeitura, Tiago Andrino que teve uma audiência prévia com Katia na sede da Confederação Nacional da Agricultura – CNA.

A pedido de Amastha, Andrino quebrou o gelo com a senadora e pediu ajuda para convencer o Ministério dos Esportes com relação à realização dos jogos na capital. O próprio ministro já tinha demonstrado interesse pelo projeto da capital mas faltava um reforço político e institucional. A partir desse primeiro contato foi que surgiu a agenda com o ministro. Além de Kátia vários outros políticos declararam apoio á realização do evento no Estado.

Para Andrino a influência da senadora com certeza reforçou o pedido. Com relação ao encontro entre Amastha e Katia ele disse que a audiência abriu um diálogo que não existia. “A política é a arte do diálogo e é sempre bom abrir diálogo com uma pessoa importante que até agora foi nossa adversária”, frisou.