Polí­tica

Foto: Divulgação Presidente quer discutir com deputados para dar andamento aos trabalhos da Comissão Presidente quer discutir com deputados para dar andamento aos trabalhos da Comissão

A Comissão Parlamentar de Inquérito aberta – CPI para investigar os possíveis desvios no Instituto de Gestão Previdenciária do Estado – Igeprev ainda está somente no papel e não começou os trabalhos por falta de indicação dos membros por parte dos três blocos que dão sustentação ao governo estadual.

Até o momento foram indicados como membros o deputado Sargento Aragão (Pros)e o petista José Roberto Forzani (PT). A demora na indicação dos membros está incomodando a oposição que em todas as sessões pede ao presidente Osíres Damaso (DEM) que convoque os líderes dos blocos a fazer as indicações.

Procurado pelo Conexão Tocantins o presidente admitiu que também não sabe porque as indicações não foram feitas até o momento. “Quando assumi a presidência interinamente já tinha essa questão pois os líderes não indicaram os membros ainda. Vou fazer uma reunião com os deputados para que possamos fazer tudo sem que haja descontentamento de ninguém”, disse.

A CPI foi instalada dia 26 de março e deve fazer uma averiguação com relação às suspeitas de desvios no órgão bem como aplicações que geraram prejuízos. A CPI proposta por Aragão prevê um rombo de mais de R$ 300 milhões feitos nos cofres públicos.