Polí­cia

Foto: Ascom SSP

Na manhã deste último sábado, 19, em Araguaína, uma ação realizada por Policiais Civis daquele município, em conjunto com uma equipe da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic Núcleo Palmas) com apoio do Grupo de Operação Táticas Especiais (Gote), sob o comando dos delegados Emerson Moura, Claudemir Ferreira e Liliane Amorim, resultou na prisão de Nilson B.V. “Xenon”, 24 anos e na apreensão de um menor de16 anos.

Eles são suspeitos de participar do sequestro de um funcionário de uma agência bancária de Araguaína e de sua família, na última terça-feira, 15. Ambos foram capturados por volta das 07h da manhã de sábado, mediante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão a uma residência localizada no Jardim Sonhos Dourados, onde os dois estavam escondidos. Na oportunidade, também foi cumprido um mandando de prisão, expedido pela Comarca daquele município, em desfavor de Nilson.

De acordo com informações do delegado Emerson, um dos coordenadores da operação, no dia do crime, por volta das 20h30min, o bancário chegava a sua residência quando foi surpreendido por dois elementos armados que o abordaram e fizeram com que o mesmo entrasse em sua residência, onde os outros membros de sua família também foram rendidos. Após alguns minutos, um terceiro indivíduo chegou ao local e, juntos os três comparsas passaram a ameaçar e exigir dinheiro das vítimas.

Ainda segundo o delegado, a família do bancário foi levada para um outro local, que serviu de cativeiro, onde permaneceu o tempo todo vigiada por um dos integrantes da quadrilha. Enquanto isso, os demais suspeitos permaneceram com o funcionário do banco até o amanhecer do dia seguinte quando este dirigiu-se até o banco, onde trabalha, e efetuou o saque de determinada quantia em dinheiro e repassou aos suspeitos, que só então libertaram sua família.

Tão logo foi informada dos fatos, a Polícia Civil deu início às investigações e, por meio de levantamentos e diligências, conseguiu chegar até um dos possíveis autores que foi preso na manhã deste sábado em companhia de um adolescente também suspeito de participação no crime.

 Na casa em que estavam os dois suspeitos também foram apreendidos um revólver calibre 38, várias munições intactas calibre 20, maçarico utilizado para arrombar caixas eletrônicos, diversos celulares, além de uma grande quantidade de objetos que terão a procedência analisada, pois existe a suspeita de que sejam produto de crime.

As investigações foram intensificadas no sentido de localizar e prender, o mais rapidamente possível, os demais integrantes da quadrilha. Após os trâmites legais, Nilson Batista foi indiciado pelos crimes de extorsão mediante sequestro e roubo majorado sendo encaminhado à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína – CPPA, onde permanecerá à disposição da Justiça. O adolescente infrator foi internado na unidade de ressocialização de menores de Santa Fé do Araguaía. (Ascom SSP)