Estado

Foto: Gleydsson Nunes/Arquivo Pessoal

Dom Celso Pereira de Almeida, que faleceu em Goiânia, no último domingo, 11 de maio, foi um dos grandes baluartes na luta libertária do povo do Norte Goiano, que culminou com a criação do Estado do Tocantins, como também desenvolveu projetos nas áreas social, cultural, educacional, destacando se ainda como incentivador da fé religiosa do povo portuense e região. Além disso, durante seus episcopado criou a Paróquia São José na futura capital Palmas, ao mesmo tempo que dimensionou a Diocese de Porto Nacional.

Velório e sepultamento

Dom Celso Pereira de Almeida, 86 anos, morreu no último domingo, 11, em Goiânia e será enterrado na quarta-feira, 14 em Porto Nacional. Dom Celso encontrava-se internado na UTI por causa de uma infecção intestinal. Seu corpo chegará a Porto Nacional na manhã de terça feira, dia 13 de maio e será velado na Catedral Nossa Senhora das Mercês, onde também será sepultado ao lado dos bispos Dom domingos Carrerot e Dom Alano Maria Du Noday.

Luto

O prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, decreta Luto Oficial de 3 dias pela morte do Bispo Dom Celso Pereira de Almeida, que foi nomeado para Igreja Diocesana de Porto Nacional em 1980 pelo Papa Paulo VI. 

Nota de Pesar Otoniel Andrade 

NOTA DE PESAR

É convicto da importância do BISPO DOM CELSO PEREIRA DE ALMEIDA, para o engrandecimento, em especial, da sociedade portuense e, de todo o Estado do Tocantins, que lamento profundamente o seu falecimento, ocorrido neste último dia 11 de maio de 2014.

O BISPO DOM CELSO PEREIRA DE ALMEIDA, foi uma personalidade marcante, sempre desempenhado um transformativo papel evangelizador, tendo como missão principal levar a cultura, o amparo social e acima de tudo a consolidação da fé católica ao seio desta centenária coletividade.

Foi um líder religioso antenado com as lutas populares e, por ser assim, abraçou a luta libertária do povo nortense que culminou com a criação do Estado do Tocantins. Além disso, o BISPO DOM CELSO PEREIRA DE ALMEIDA, desenvolveu transformativos projetos nas áreas educacional, cultural e social, como também se destacou como grande incentivador das vocações sacerdotais para a Diocese de Porto Nacional.

O BISPO DOM CELSO PEREIRA DE ALMEIDA, com determinação sacerdotal, criou a Paróquia São José, na futura capital Palmas, e diante da nova configuração pastoral da do Estado, foi decisivo no dimensionamento da Diocese de Porto Nacional. Além do que, sempre esteve ao lado das famílias portuenses em seus mais expressivos momentos, tanto nas alegrias quanto nas dificuldades.

Assim posto, por se tratar desta emblemática uma figura humana, de grande fé cristã e sensibilidade social, faz-se merecedora d nosso carinho, respeito e fraternal admiração.      

OTONIEL ANDRADE

Prefeito Municipal de Porto Nacional

(Matéria atualizada às 09h03 do dia 13 de maio)