Saúde

Foto: Divulgação

Cerca de 800 profissionais da enfermagem, entre técnicos, auxiliares e enfermeiros aproveitaram o dia internacional da enfermagem para protestar. A manifestação, que aconteceu em frente ao Palácio Araguaia, em Palmas, cobrou do Governo do Estado uma série de reivindicações.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins – SEET – Claudean Pereira Lima a categoria exige o pagamento das progressões, dos adicionais noturnos, das gratificações e dos plantões extras.

“O Governo não está cumprindo o seu papel de honrar com todos os pagamentos com os profissionais da enfermagem. Isso é uma falta de respeito”, declarou o presidente.

A categoria, carregando faixas e cartazes, também pediu a realização de concurso público para a contratação de mais profissionais para as unidades de saúde estaduais.

“Há um déficit de trabalhadores. A enfermagem é a única categoria que trabalha 24 horas por dia. Um serviço ininterrupto”, lembrou.

Por: Redação

Tags: Claudean Pereira Lima, Seet