Estado

Foto: Lia Mara

Servidor de carreira desde 1994, o odontólogo Luiz Antônio da Silva Ferreira, 49 anos, assumiu na tarde desta segunda-feira, 26, a Secretaria de Estado da Saúde no lugar de Vanda Paiva que, por razões particulares, pediu para deixar o cargo. Ferreira foi empossado no final da tarde, no gabinete do governador Sandoval Cardoso. A nomeação será publicada na edição desta segunda-feira do Diário Oficial do Estado.

Sandoval Cardoso determinou ao novo secretário que não deixe ninguém sem atendimento, que utilize os recursos e controle para evitar falta de medicamentos, materiais, insumos e fiscalize o cumprimento de obras de reforma e ampliação de hospitais.  “O paciente é prioridade. Temos de otimizar recursos para manter estoques em dia e garantir, com o trabalho dos nossos servidores, o atendimento. Além disso, é de suma importância a fiscalização e acompanhamento das obras de ampliação e reformas que estão sendo feitas nos hospitais, que vão melhorar muito a condição da saúde do Estado”, disse o governador.

Sandoval Cardoso fez questão de agradecer o empenho de Vanda Paiva à frente da pasta. “Vanda Paiva prestou um grande trabalho, com responsabilidade e dedicação. Por questões pessoais, solicitou a saída e eu aceitei. Para o seu lugar a escolha é de uma pessoa muito capacitada, de minha inteira confiança e que conhece a saúde do Estado”, destacou.

Ao deixar o cargo, Vanda afirmou que é momento de priorizar a vida pessoal. Ela citou algumas realizações de sua gestão. “Não foi fácil estar à frente da Sesau, no momento em que há uma crise na saúde do Brasil. Mas, tenho consciência de que fiz o melhor. Conseguimos fazer muitas coisas como, por exemplo, dar início a várias obras em hospitais no Estado, licitar outras, batemos metas de cirurgias eletivas [mais de 10 mil em 2013], abrimos mais leitos de UTI, enfim, mas neste momento preciso priorizar minha vida pessoal”, disse.

Problemas e soluções

Luiz Antônio afirmou que a saúde do Tocantins é referência na região Norte, admitiu problemas, como no restante do país, mas declarou que há soluções em andamento. “Evidente que há problemas no Tocantins, como há em todo o país, mas aqui no Estado há também melhorias evidentes, soluções implementadas por esta gestão que vão surtir - e outras já surtiram - o efeito desejado na melhoria do atendimento”, afirmou.

Entre os pontos citados pelo secretário estão, por exemplo, na área de infraestrutura, as obras de ampliação de 232 para 400 leitos do Hospital Geral de Palmas (HGP), as obras dos hospitais de Araguaína, Gurupi, ampliação e reforma em Augustinópolis, Miracema e Paraíso. Na área de atendimento citou o trabalho da Carreta da Mulher, que já fez 45 mil atendimentos de mamografia, ultrassonografia e preventivos de colo de útero. O secretário também citou a parceria do Estado com os municípios ao destacar que este governo distribuiu 147 ambulâncias, contemplando todos os 139 municípios tocantinenses. “Como determinou o governador, nossa meta é garantir o atendimento. Por isso, conclamo a sociedade, as entidades, os representantes de órgãos de controle a estar conosco para fazer um pacto pela saúde, com todos colaborando e unindo forças”, frisou.

Perfil

Natural de Guaxupé, Minas Gerais, o novo titular da pasta ocupava o cargo de diretor da TV Assembleia e, em 2012, foi subsecretário das Cidades no período em que Sandoval Cardoso era secretário. “O governador me convocou para este desafio e, como servidor de carreira, vou trabalhar muito junto com os valorosos servidores da saúde do Estado para cumprirmos a determinação do governador”, finalizou. (ATN)