Polí­tica

Foto: Meire Almeida

A Câmara Municipal de Porto Nacional realizou nesta terça-feira, dia 27, pela manhã, uma sessão extraordinária para aprovar o Projeto de Lei do Executivo que dispõe sobre o programa de recuperação e estímulo a quitação de débitos municipais – Refis. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade com uma emenda aditiva dos vereadores Geylson Neres (PMDB) e Miúdo (PTB). O projeto prevê descontos para quem necessite renegociar pagamento do IPTU.

Logo após a votação o vereador Fernando Manduca (PDT), levantou uma discussão sobre a fiscalização da lama asfáltica que está sendo executada em Porto Nacional ao que o vereador presidente, Geylson Neres (PMDB), solicitou que a secretária da Câmara encaminhe um ofício  requerendo a cópia do edital e contrato para que a planilha de execução da obra do governo estadual, seja analisada.

O vereador Ronivon Maciel (PT), solicitou uma sessão itinerante no setor Imperial, que possui muitas demandas e a população da região necessita ser ouvida para que providências e melhorias sejam encaminhadas ao bairro. Ficou acertado pelo presidente e demais vereadores que na próxima terça-feira, dia 03, seja realizada uma sessão itinerante no setor Imperial. Ficou também acertado que todas as terças-feiras em que tiverem sessões, acontecerão sessões itinerantes à noite, pelos setores de Porto Nacional, sendo a primeira no setor Imperial e a próxima na Escola Brasil.

Por fim o vereador presidente, Geylson Neres (PMDB), convocou os vereadores para uma reunião com professores da Universidade Federal do Tocantins (UFT), hoje à noite, no Auditório da Câmara, onde serão discutidos os impactos ambientais no Ribeirão São João decorrentes do loteamento que está sendo implantado em suas proximidades. (Ascom Câmara)