Campo

Foto: Divulgação

Encerra nesta terça-feira, 10, o prazo para a comprovação da vacinação contra febre aftosa. Tão importante quanto vacinar é declarar o rebanho, por isso, o produtor rural deve procurar a unidade da Agência de Defesa Agropecuária - Adapec, onde sua ficha cadastral é movimentada, munido da nota fiscal da vacina e da carta aviso. “Considerando que o produtor tocantinense esta cada vez mais consciente esperamos mais uma vez superar a meta de vacinação preconizada pelo Mapa,” destacou a diretora de Defesa, Inspeção e Sanidade Animal da Adapec, Leila Pessoa.

A campanha de vacinação contra febre aftosa foi realizada de 1º a 31 de maio. A vacinação realizada fora do período da campanha não será incluída nos nossos índices. As lojas agropecuárias também não podem vender a vacina sem autorização da Adapec, nem mesmo para outros estados e a GTA – Guia de Trânsito Animal, documento obrigatório para o transporte, só pode ser emitida mediante a comprovação da vacinação.

No caso de omissão, o produtor será multado em R$ 5,32 por animal e R$ 127,69 por propriedade rural não declarada. “Posteriormente a vacinação é realizada pelos técnicos da Agência. Temos todo este cuidado com o objetivo de manter o nosso status sanitário, livre de febre aftosa com vacinação,” lembrou o presidente da Adapec, Marcelo Aguiar Inocente. (Ascom Adapec)

Por: Redação

Tags: Adapec, Febre Aftosa, Leila Pessoa