Palmas

Foto: Imagem ilustrativa

Com o propósito de garantir a segurança e a proteção de crianças e adolescentes, durante os quatro dias de festa do Arraiá da Capital, realizado no complexo do Ginásio Ayrton Sena, de 26 a 29 de junho, a Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), juntamente com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), o Conselho Tutelar e o Juizado de Menores da Vara da Infância e da Juventude realizarão serviços de fiscalizações noturnas, através da rede de proteção.

São esperadas que centenas de pessoas passem pelo estande montado e participem de rodas de conversa, além de receberem  panfletos informativos e orientações sobre os cuidados que os responsáveis precisam ter em relação aos menores, em festas com grande aglomeração de pessoas.

Rede de proteção

A rede de proteção é uma ação integrada entre instituições, para atender crianças e adolescentes em situação de risco pessoal: sob ameaça e violação de direitos por abandono, violência física, psicológica ou sexual, exploração sexual comercial, situação de rua, de trabalho infantil e outras formas de submissão que provocam danos e agravos físicos e emocionais. (Secom Palmas)