Estado

Foto: Divulgação

O jornal Bom Dia Brasil trouxe à tona na manhã desta terça-feira, 05, a situação em que cerca de 10.852 famílias que moram na zona rural do Tocantins a 2 km da Capital Palmas tem que enfrentar todos os dias com a falta de energia elétrica.  

O número de 30. 608 famílias foram cadastradas no Programa Luz Para Todos do Governo Federal e receberam a garantia, há quatro anos, de que até o final de 2014 receberiam energia elétrica. No entanto, faltando apenas quatro meses para o fim do prazo estipulado, grande parte das famílias continuam às escuras.

A Celtins pediu no ano de 2012, 15 anos para conclusão do fornecimento de energia as famílias da zona rural do Estado, alegando falta de recursos, pedindo prazo estendido até 2027. Porém a Anel (Agência Nacional de Energia Elétrica) negou o pedido.

A Defensoria Pública da União e do Estado entraram com ação na justiça para que o Governo Federal e a Eletronorte tomem à responsabilidade de levar energia às famílias da zona rural do Tocantins.

Celtins

A Celtins passou informações de que os dados da ação judicial são de 2012 e não estão atualizados. Ainda informou que faltam apenas 8 mil famílias para serem contempladas com energia elétrica e ainda informou que as obras são prioridades até o término do ano.

O Ministério de Minas e Energia repassou ao Bom Dia Brasil à informação de que só repassará o montante no valor R$ 88 milhões para a Celtins concluir as obras, quando a Concessionária regularizar sua situação fiscal. A Celtins repassou a informação de que está tudo resolvido.