Polí­tica

Foto: Divulgação

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 5/14) que permite reajuste salarial para agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal. Esses profissionais ficaram de fora do aumento parcelado de 15,8% dado pelo governo aos servidores públicos nos anos de 2013, 2014 e 2015. O relatório aprovado incluiu a permissão de aumento para peritos federais agrários.

Líder da bancada na CMO, a deputada federal Dorinha Seabra Rezende (DEM/TO) pediu a inversão da pauta para votação do PL por considerar justa a reivindicação da categoria que já vinha sendo pleiteada, o que foi acordado entre os parlamentares.

O projeto altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) atualmente em vigor (Lei 12.919/13) para viabilizar a melhoria salarial, que foi fruto de um acordo entre as categorias e o Poder Executivo para que não houvesse greve ou paralisações durante a Copa do Mundo. Agora, a matéria terá de ser votada pelo Plenário do Congresso. (Com informações da Agência Câmara)