Estado

Foto: Conexão Tocantins Diretoria do Simoeto planeja entrar em estado de greve Diretoria do Simoeto planeja entrar em estado de greve

O presidente do Sindicato dos Motoristas Oficiais do Estado do Tocantins (Simoeto), Cleber Camargo acompanhado de dois diretores do sindicato; Yguaran Rodrigues e Tiago Rodrigues informaram em visita ao Conexão Tocantins na manhã desta sexta-feira, 15, que a categoria planeja entrar em estado de greve devido a defasagem salarial.

A Secretaria Estadual de Administração havia informado por meio de nota na última quinta-feira, 14, que todos os motoristas do Estado são beneficiados com o Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração (PCCR) com data-base e reposição salarial anual de acordo com atualização monetária. Porém, segundo o presidente do Simoeto, a classe sofre com a desvalorização salarial desde o ano 2000. “Alegam que não houve desvalorização salarial. Em 2000 o motorista ganhava no cargo 2,5 salários míninos e hoje ganha somente um e pouquinho. Houve uma desvalorização da classe sim”, frisou Cleber.

Segundo o diretor Tiago Rodrigues, a partir do ano de 2012 o Governo do Estado retirou o PCCR dos motoristas oficiais do Estado e incluiu na categoria geral de servidores do Estado, ou seja, o motorista que antes tinha um PCCR específico para a classe foi incluído na classe de auxiliares gerais, entre outros. “Somos responsáveis por um bem público e o auxiliar de serviços gerais não é responsável pelo bem público”, completou Cleber Camargo.

Já Yguaran Rodrigues acrescentou que um motorista nomeado ganha o dobro do que um motorista oficial estadual ganha. “A classe de motoristas que ganha menos é a classe do Estado”, disse.

Progressões

Tiago Rodrigues ainda afirmou que as progressões salariais dos motoristas oficiais do Estado estão em atraso desde junho de 2014. 

Simoeto 

O presidente do Sindicato dos Motoristas Oficiais do Estado do Tocantins, Cleber Camargo já havia questionado no dia 13 de agosto a desvalorização da classe de motoristas do Estado. Respondendo aos questionamentos, a Secretaria Estadual de Administração deu declarações por meio de nota. 

O Sindicato dos Motoristas Oficiais do Tocantins foi criado no dia 31 de agosto de 2013.