Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada e candidata à reeleição Professora Dorinha (Democratas/TO) criticou o fato de vários candidatos usarem a educação em discurso de campanha, mas que na hora de fazer um trabalho mais efetivo, deixam a desejar. “Falar que educação é prioridade em época de eleição é fácil, mas desafio quem tem algum projeto relevante na área, que realmente defenda a educação no Legislativo”.

Dorinha pontuou que a população está mais consciente e que essa campanha está sendo feita na base do serviço já prestado e do que ainda pode fazer. “As pessoas estão cada vez mais interessadas nas propostas dos candidatos. Eu tenho o meu trabalho pelo Tocantins para honrar os votos que recebi antes com projetos de lei, requerimentos, recursos que consegui destinar para o nosso Estado e é assim que uma campanha eleitoral deve ser”, disse.

Professora Dorinha citou os recursos que conseguiu destinar para o Tocantins, que ultrapassam R$ 250 milhões, e para Palmas, mais de R$ 54 milhões, sendo que a principal ação é a emenda parlamentar para a construção do Hospital da Universidade Federal do Tocantins. “O hospital universitário é uma importante conquista para a nossa população. Não será apenas para o aprendizado dos universitários da área da saúde, mas para também atender a comunidade”.

Caso seja reeleita, dentre outras ações, Dorinha disse que irá trabalhar pela implementação do Plano Nacional de Educação, sancionado em junho, para garantir uma educação pública de melhor qualidade, além da valorização da carreira docente.