Polí­cia

Foto: Divulgação

Um tocantinense de Combinado,identificado como Jac Souza dos Santos, está armado e mantém um funcionário do Hotel Saint Peter, um dos maiores da região central de Brasília/DF, como refém no décimo terceiro andar do prédio desde o início da manhã desta segunda-feira (29). Jac Souza que é filiado ao Partido Progressista do município localizado no extremo sul do Estado, segundo o jornal Folha de São Paulo, amarrou um colete, supostamente com explosivos, no refém e ameaça detoná-los. Agentes do esquadrão antibomba da Polícia Civil do Distrito Federal estão no local tentando negociar com o homem.

Vinte de cinco homens do Corpo de Bombeiros estão no Hotel Saint Peter. Eles evacuaram o prédio que tinha cerca de 300 hóspedes. Uma das hóspedes relatou que os bombeiros foram a todos os apartamentos pedindo para as pessoas saírem devido a um vazamento de gás. As vias próximas ao hotel foram bloqueadas pelo Departamento de Trânsito do DF (Detran).

O tocantinense não tem reivindicação clara, mas segundo o jornal Folha de São Paulo, estão entre os pedidos de Jac Souza a aplicação da Lei da Ficha Limpa (que impede a candidatura de políticos condenados em tribunais colegiados da justiça), o fim da reeleição no Brasil e a extradição de Cesare Batistti (Italiano acusado de assassinato na Itália que conseguiu autorização para permanecer no brasil).

Jac Souza é filiado do PP desde 2007 e chegou a ocupar o cargo de Secretario Municipal de Agricultura e Agropecuária em Combinado. No ano de 2008 candidatou-se ao cargo de vereador. 

Jac Souza não tem antecedentes criminais e estaria trabalhando em uma campanha eleitoral. 

Hotel

O Hotel Saint Peter é o mesmo que o o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pediu autorização para sair da prisão e trabalhar na gerência do estabelecimento com salário de R$ 20 mil. Dirceu acabou desistindo de trabalhar no local.

O Hotel fica próximo à Esplanada dos Ministérios e tem 482 apartamentos, 15 andares e uma cobertura para eventos. (Com informações Agência Brasil e Folha de São Paulo)

Por: Redação

Tags: Combinado, Jac Souza dos Santos