Polí­tica

Foto: Divulgação

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Fux, manteve indeferimento da candidatura de Luís Cláudio Barbosa (PRTB) que concorre ao cargo de Governo do Estado do Tocantins. A decisão é do dia 21 de setembro, e mesmo assim, Luís Cláudio continua realizando campanha eleitoral e inclusive, participou na noite da última quarta-feira, 30, em debate promovido pela TV Anhanguera.

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins havia indeferido os registros de candidaturas de Luís Cláudio Barbosa e Odethe Catumbia Pinto dos Santos, respectivamente aos cargos de governador e vice-governador, nas Eleições de 2014, em virtude do indeferimento do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidário (DRAP) do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB). Segundo o TRE, o registro de Luií Cláudio foi feito fora do prazo.

O ministro Luiz Fux em decisão, julgou forçoso o reconhecimento da prejudicialidade do pedido de registro de candidatura do candidato, haja vista o trânsito em julgado de decisão do TRE que indeferiu o DRAP do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro – PRTB. 

O candidato chegou a desistir de concorrer ao cargo de governador do Tocantins por motivos de questões jurídicas, mas desistiu da decisão, permanecendo na disputa. Com a decisão do ministro relator, Luis Fux, o nome de Luís Cláudio não estará mais nas urnas.

Debate

Mesmo com candidatura indeferida pelo TSE desde o dia 21 de setembro, na noite da última quarta-feira, Luís Cláudio esteve presente em debate político na TV Anhanguera, diferentemente do candidato ao Governo pelo PCB, Carlos Potengy que não foi convidado com a alegação de que seu partido não tem representatividade na Câmara Federal. 

Luis Cláudio

Luís Cláudio informou que só soube da decisão na noite de terça-feira, 30, ainda em debate na TV Anhanguera. Por meio de nota, o candidato revelou sair da disputa com uma ponta de frustração por não ter seu nome nas urnas no dia 5 de outubro. 

Confira abaixo a nota de Luís Cláudio

Infelizmente, na noite desta terça-feira (30), o Tribunal Superior Eleitoral publicou a decisão que confirmou o indeferimento do registro da minha candidatura ao cargo de governador do Tocantins, por intempestividade (registro feito fora do prazo legal).

Respeito e acato a decisão da nossa suprema corte eleitoral, não, sem antes, agradecer ao apoio da minha família, dos amigos e simpatizantes, que me ajudaram e colaboraram, decisivamente, para que as nossas boas propostas pudessem chegar a todos os quatro cantos do nosso estado.

Saio da disputa com uma ponta de frustração, por não ter o meu nome nas urnas, no próximo dia 5 de outubro, mas com o sentimento de missão cumprida.

Plantei uma semente que, espero, possa crescer, florescer e dar frutos fortes e saudáveis, que ajudem o nosso querido Tocantins a ser o estado dos nossos sonhos e realizações.

Aos eleitores que manifestaram a intenção de votar em mim, meu muito obrigado, e peço que reflitam, avaliem as melhores propostas e saibam fazer a escolha mais certa na hora de votar.

Boa sorte a todos os candidatos e eleitores

Luís Cláudio Barbosa 

(Matéria atualizada às 15h25)