Estado

Foto: Divulgação  Secretário da Fazenda, Marcelo Olímpio, integra o comitê Secretário da Fazenda, Marcelo Olímpio, integra o comitê

O governo estadual determinou o corte das despesas de qualquer natureza da máquina pública estadual. Todos os secretários já foram informados da nova medida.

Logo após o resultado das eleições que teve Marcelo Miranda (PMDB) como vencedor o governo publicou o decreto 5.128 onde determinou que os novos empenhos feitos a partir desta sexta-feira, 1º de outubro, só serão pagos após análise de um comitê nomeado pelo governo. Além disso os serviços não executados e mercadorias não entregues também podem ter os empenhos cancelados.

O secretário estadual da Fazenda, Marcelo Olímpio informou ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 9,  que integra esse comitê e que as medidas são para evitar novos gastos e descontrole em função do encerramento do exercício da gestão atual.

O Governo do Estado determinou ainda a suspensão de todas as viagens, aquisição de materiais e insumos e ainda suprimentos de fundos em razão da indisponibilidade financeira.