Saúde

Foto: Elson Caldas  Hospital Geral Público de Palmas (HGPP). Hospital Geral Público de Palmas (HGPP).

A superlotação nos hospitais do Tocantins será amenizada com a construção de novas unidades. Pelo menos é o que espera a população que sofre os reflexos da falta de leitos e superlotação nos hospitais do Estado. Das oito obras da área da Saúde no Estado apenas duas estão mais avançadas e quatro sequer saíram do papel ainda. A previsão de entrega das obras conforme o cronograma é para o segundo semestre de 2015.

A Reforma e Ampliação do Hospital Geral de Palmas – HGP, uma das mais aguardadas, está com as obras em andamento porém somente com 17% do projeto executado. O investimento do governo do Estado é de R$ 84.600.000,00 e a intenção será passar de 232 para 400 leitos e a UTI passará a contar com 60 leitos (hoje são 26 leitos). 

Ainda na capital o governo anunciou que fará a Reforma, adequação e ampliação da Unidade de Pronto Atendimento Sul para abrigar o Hospital Infantil de Palmas porém o processo  foi licitado só que aguarda ainda a assinatura de contrato e ordem de serviço. A intenção é passar de 58 para 100 leitos e construir ainda 20 leitos de UTI pediátrica.

Outra obra que também aguarda o início é a Construção do Ambulatório Médico Especializado – AME em Palmas que espera ordem de serviço. A obra pretende ampliar o acesso da população aos serviços de média complexidade no Sistema Único de Saúde (Sus), com realização de cirurgias ambulatoriais, consultas e exames médicos especializados, e com isso desafogar as internações hospitalares. O investimento será de R$ 7.350.000,00.

Em Miracema a reforma e Ampliação do Hospital Regional  está com 15% da obra executada - concluídos projetos arquitetônicos, 70% do canteiro de obras e iniciado fundações do bloco de almoxarifado, farmácia e concluindo reforma de 04 enfermarias. Com investimento de R$ 9,1 milhões a intenção é criar um Centro de Parto Normal com três leitos específicos para Pré-Parto, Parto e Pós-parto.

Em Guaraí e Dianópolis as obras também aguardam ordem de serviço. A Construção do Ambulatório Médico Especializado – AME em Guaraí terá um investimento de R$ 6.999.999,99 e o de Dianópolis de R$ 7.400.000,00.

Gurupi e Araguaína

A construção dos Hospitais Regionais de Gurupi e Araguaína ainda está em fase inicial também. O de Gurupi está com 17% das obras executadas e terá 200 novos leitos (hoje são 137 leitos) e  40 leitos de UTI (sendo 10 pediátricos). O investimento é de R$ 27,8 milhões na 1ª etapa. Já em Araguaína apenas 6% das obras foram executados e o investimento previsto é de R$ 160.890.000,00. A previsão é de 400 leitos.

Das obras da Saúde em Execução a reforma e ampliação do Hospital Regional de Paraíso do Tocantins é a que está mais avançada com 36% de execução. O Investimento é de R$ 18.968.342,10. O Valor licitado foi de  R$ 7.800.000,00. A reforma e ampliação do Hospital Regional de Augustinópolis mais a Construção da Maternidade no Hospital é a segunda das que está mais avançada com 30% de execução.