Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente Estadual do Partido dos Trabalhadores no Tocantins, Júlio César Ramos Brasil, afirmou que a memória do ex-governador e deputado federal eleito, Carlos Gaguim (PMDB) não está sendo fiel a ele. A declaração de Júlio César vem após Gaguim declarar ao Conexão Tocantins na última semana, seu apoio ao presidenciável Aécio Neves (PSDB) e afirmar ser independente para fazer campanha. Entre outras afirmações, Gaguim contou que também influenciou em sua decisão o fato da presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não terem apoiado sua candidatura a governador em 2010. "E a Dilma nunca me atendeu, nunca fez nada por mim. Então, me sinto independente. Não tenho compromisso com essa gente e quero Aécio presidente", reforçou.

Júlio César citou parcerias. “Durante a gestão de Gaguim no Governo do Estado, o Governo Federal foi parceiro inclusive na inclusão da obra da ponte do município de Xambioá, à 507 Km de Palmas, no PAC II e no orçamento da União. Com direcionamento de recursos para a conclusão da ponte sobre o Rio Tocantins que liga o município de Lajeado à Miracema (R$ 44.868.259,84); com a  disponibilização de milhões para o Reluz; com a inclusão de mais de 90% dos municípios do Estado no Programa Minha Casa Minha Vida”.

Júlio César Brasil lembra que Dilma ainda não era Presidenta quando Gaguim estava chefe do Executivo Estadual, porém, Lula e toda sua equipe tratou muito bem o então Governador do Tocantins. “Gaguim celebrou também, convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário para a regularização fundiária de terras no Tocantins; realizou financiamento com o Banco do Brasil para a aquisição de máquinas; e o Ministério da Educação realizou o recredenciamento da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) ainda em sua gestão. Em outubro de 2010 o Presidente Lula veio à Palmas para a inauguração de trecho da Ferrovia Norte-Sul, mais uma vitória, resultado das ações do Governo Federal que favoreceram o Estado. Além disso, os repasses federais para a saúde e educação e outras áreas foram mantidos”.

Sobre a fala do “cansaço da população” direcionado por Gaguim ao PT, Júlio César Brasil ressaltou, “O ex-governador não tem dado aos presidentes Lula e Dilma o valor que eles merecem. Além de que não cabe a ele definir o que pensa ou deixa de pensar a população. O tocantinense demonstrou no último dia 05 que quer a reeleição da presidenta Dilma, com 50,24% dos votos, ficando o segundo colocado com 27,67%, o resultado reflete a avaliação das pessoas diante de um projeto de governo que está dando certo”.

O Presidente concluiu, “ele não se lembra de tudo isso ou diz que não se lembra? Se for esse o real motivo para não apoiar Dilma, pode ser revisto, justiça deve ser feita. Em 2010 o Partido dos Trabalhadores o apoiou para Governador e ele conseguiu perder para ele mesmo. Este ano, infelizmente, alguns companheiros também o apoiaram, ele deve no mínimo uma satisfação para estas pessoas”.

Por: Redação

Tags: Carlos Gaguim Julio Cesar Brasil