Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista o site Conexão Tocantins na manhã desta sexta-feira, 31, o deputado estadual, Marcelo Lelis (PV) analisou o endividamento do Estado do Tocantins com o Governo Federal informado pelo Jornal Bom Dia Brasil na manhã de hoje. De acordo com Lelis é necessário o enxugamento da máquina pública para que as despesas sejam diminuídas. 

O Bom Dia Brasil divulgou o nome do Tocantins como um dos seis estados que estão com uma dívida com o Governo Federal maior do que quando os governadores assumiram. 

Marcelo Lelis disse acreditar que tudo que está acontecendo “seja na questão do inchaço da máquina, do auto custo da máquina pública, seja com despesa de pessoal, seja com custeio, e a baixíssima capacidade de investimento do Estado somados a esse endividamento, tudo isso faz com que a gente tenha certeza que é necessário uma mudança na forma de gerir o Estado, é preciso que haja um enxugamento da máquina pública”, afirmou. 

No entender do deputado, também é necessário diminuir o número de secretarias no Tocantins para que haja diminuição nas despesas públicas.

Transição 

Marcelo Lelis chegou apresentar um requerimento em regime de urgência na Assembleia Legislativa para que o governador Sandoval Cardoso (SD) adote medidas necessárias no processo de transição de governo. Em entrevista ao Conexão Tocantins, Lelis disse acreditar no recuo da posição de Sandoval. "Eu quero crer e continuo acreditando que ele vai recuar dessa posição e vai iniciar essa transição, porque não fazer essa transição não é ato contra o nosso grupo do Marcelo Miranda é um ato contra os tocantinenses", frisou.