Palmas

Foto: Valério Zelaya

A segurança de locais públicos da Capital será reforçada através de ações planejadas e executadas pelo novo destacamento da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), a Ronda Ostensiva de Monitoramento Urbano (Romu), criada na manhã desta terça-feira, 25, pela Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Civil.

Composta por integrantes da Guarda Metropolitana que ao longo dos últimos anos receberam treinamento tático da polícia especializada americana,  Swat, a Romu  terá como foco a atuação em locais públicos em que há  maior incidência de criminalidade, como assaltos, furtos, uso e tráfico de drogas, dentre outros.

“A atuação desse destacamento será norteada pelo planejamento através das estatísticas que apontam os índices de criminalidade na Capital”, frisou o secretário de Segurança e Defesa Civil, Francisco Viana. “Eles estarão presentes em locais como praças e parques públicos, estações de ônibus, feiras, dentre outras localidades, atuando através de rondas e abordagens”, completou.

Viana explicou ainda que a criação da Romu  foi  sugestão dos próprios guardas, e que  a partir da instituição da Lei Federal nº 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais, em agosto de 2014, a Guarda Metropolitana ganhou um novo patamar, deixando de ser  auxiliar para complementar as ações de segurança pública. “Em Palmas, a criação da Romu vem fortalecer essas ações, pois não é um grupo comum, ele vem sendo preparado há bastante tempo”, ressaltou.

Presente no evento, o secretário de Administração e Recursos Humanos, José Roberto Gomes, ressaltou que com a criação da Romu, Palmas mais uma vez toma a frente, já que o destacamento terá um importante papel na segurança da Capital.

O secretário de Governo e Relações Institucionais, Christian Zini que na ocasião representou o prefeito Carlos Amastha, frisou que a atual gestão vem implantando uma sistemática de valorização da Guarda Metropolitana, e que a criação da Romu é resultado disso.

Viaturas

Na ocasião, também foram entregues duas novas viaturas e duas motocicletas que serão utilizadas pela Romu. As viaturas serão equipadas com um novo sistema de comunicação digital, composto por rádios mais modernos que operam em modo rádio, telefonia e GPS.  O novo sistema também é criptografado, o que deve garantir maior segurança na comunicação do grupo. (Secom Palmas)